Alagoas, 30 de julho de 2021 22º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
CAIXA ZERADO

Prefeita vai decretar Estado de Emergência Administrativa em Atalaia

Tamara Albuquerque

10/01/2021 17h05

Prefeita Ceci Rocha: sem recursos para pagar a folha salarial
Extra AlagoasPrefeita Ceci Rocha: sem recursos para pagar a folha salarial

Para viabilizar o trabalho da administração pública neste início de mandato a prefeita de Atalaia, Cecília Herrmann Rocha (PSC), anuncia que vai decretar Estado de Emergência Administrativa no município, entregue com irregularidades diversas pela gestão anterior. Além disso, vai acionar o Ministério Público do Estado e o Ministério Público Federal contra desmandos políticos praticados pelo ex-prefeito Chico Vigário, principalmente na destinação dos recursos financeiros.

Ceci Rocha, como é conhecida, tem denunciado o sucateamento dos serviços públicos e a total falta de dinheiro para pagamentos da Prefeitura. Um deles é a folha salarial de dezembro dos servidores. A prefeita diz não ter como resolver o problema. “Não tenho como pagar se ele [Chico Vigário} não empenhou e não deixou dinheiro em caixa para o pagamento da folha”, diz. Segundo a prefeita, Chico Vigário teria optado por priorizar pagar obras antes de deixar o cargo.

A situação mais grave, no entanto, denuncia Ceci Rocha, é no uso indevido dos recursos do Fundeb. Em documentos acessados durante a transição de governo, que não chegou a ser realizada como prevista, a prefeita foi informada que Atalaia recebeu R$ 28 milhões do Fundo como precatórios e que 85% desses recursos teriam sido empregados em despesas diversas não autorizadas por lei, como pagamento salarial.

Consta na documentação que R$ 11 milhões do Fundeb foram utilizados para pagar a folha (superfaturada) do município. “Em fevereiro a folha era de R$ 3,5 milhões e passou, em outubro para R$ 11 milhões”, questiona Ceci Rocha.

Os servidores estão revoltados e afirmam que vão à Justiça para receber os recursos que deveriam ser rateados com os profissionais da educação. A Prefeitura vai iniciar o recadastramento da categoria para ter conhecimento real do quadro.



Leia a matéria na íntegra no jornal Extra de Alagoas nas bancas!

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade