Alagoas, 24 de novembro de 2020 24º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
CONTRATOS SEM LICITAÇÃO

Vídeo: prefeito de município alagoano confessa crimes em parceria com vice

Gestor revelou supostas fraudes licitatórias praticadas para beneficiar o ex-aliado

Redação com O Antagonista

27/10/2020 13h01 - Atualizado em 27/10/2020 13h01

Prefeito Kil durante discurso a apoiadores na cidade
ReproduçãoPrefeito Kil durante discurso a apoiadores na cidade

Durante um discurso para os eleitores na zona rural do município de União dos Palmares, o prefeito e candidato a reeleição Kil (MDB) detalhou os motivos do seu rompimento com o atual vice-prefeito, Zé Alfredo (PTB), e confessou supostas fraudes licitatórias praticadas para beneficiar o ex-aliado político.

“Quando assumimos a prefeitura de União com aquela votação esmagadora, o vice-prefeito atual me procurou e disse: Kil estou com as minhas máquinas paradas. Você pode alugar as minhas máquinas para prefeitura? Eu disse: posso Zé, vamos alugar as suas máquinas e ele colocou na prefeitura seis máquinas', explica o prefeito.

Ao longo do discurso, o gestor dá mais detalhes sobre as supostas fraudes. "Com pouco tempo depois ele voltou, quando viu que estava fazendo o calçamento da Santa Fé, e disse: Kil eu agora estou vendendo lá no posto pedra, areia e cimento. Queria que você comprasse lá no posto. Eu disse: bora comprar Zé. Tudo isso para não brigar.”. Nas palavras do próprio prefeito, seu vice obteve 100 contratos com a Prefeitura para atender sua “base política”, tudo sem licitação.

Kil contou ainda que o rompimento entre o prefeito e o vice começou durante a seca enfrentada pelo município, quando precisou impedir a passagem da água do Rio Mundaú, com sacos de farinha de trigo, que tem nas padarias.

“Procurei o seu Antônio da padaria ele me deu 100 sacos, procurei dona Eliane ela me deu 100 casos, para encher de areia e fazer a barreira. Quando procurei o Zé, ele disse que na padaria tinha, mas que era R$ 1,50. Depois ele saiu candidato a deputado contra nossa vontade”. 

Os fatos narrados pelo prefeito Kil comprometem os cofres públicos do município já que nenhum desses contratos firmados com as empresas de Zé Alfredo passou pelo processo de licitação e não foi possível promover a concorrência entre os fornecedores. Confira o vídeo:

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade