Alagoas, 03 de agosto de 2020 23º min 26º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
SEM MINISTRO

Renato Feder recusa convite de Bolsonaro para chefiar Ministério da Educação

Reuters

06/07/2020 09h09

Renato Feder
DivulgaçãoRenato Feder

O secretário de Educação do Paraná, Renato Feder, afirmou que recusou convite do presidente Jair Bolsonaro para o cargo de ministro da Educação, segundo publicação de Feder no Twitter.

O convite teria sido feito via telefonema do presidente Bolsonaro a Feder na noite de quinta-feira, de acordo com a publicação no Twitter. O secretário disse ter se sentido “muito honrado”.

“Agradeço ao presidente Jair Bolsonaro, por quem tenho grande apreço, mas declino do convite recebido. Sigo com o projeto no Paraná, desejo sorte ao presidente e uma boa gestão no Ministério da Educação”, finalizou no texto na rede social.

Também na quinta-feira, Bolsonaro disse que poderia escolher no mesmo dia o novo ministro da Educação, cargo vago desde que Carlos Alberto Decotelli pediu demissão, após a revelação de inconsistências em titulações do seu currículo acadêmico.

Procurado, O Palácio do Planalto informou neste domingo que não iria comentar.

O nome de Decotelli para a Educação havia sido anunciado em 25 de junho por Bolsonaro nas redes sociais, em substituição a Abraham Weintraub, que deixou o cargo em meio a polêmicas.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade