Alagoas, 06 de julho de 2020 23º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
PROTESTO

Senadores manifestam apoio a mobilizações antirracistas

Agência Senado

03/06/2020 15h03

Protesto nos Estados Unidos motivada pela violência policial contra negros se espalhou por outros países
Agência SenadoProtesto nos Estados Unidos motivada pela violência policial contra negros se espalhou por outros países

Senadores de diferentes partidos apoiaram a mobilização antirracista que veio à tona em vários países, incluindo o Brasil, após a morte de George Floyd, homem negro asfixiado por um policial branco em Minneapolis (EUA), na semana passada. Em suas redes sociais, parlamentares corroboraram a campanha iniciada na terça-feira (2) de que “vidas negras importam”, alguns publicando fotos com um fundo preto em seus perfis e utilizando hashtags como #VidasNegrasImportam e #BlackOutTuesday.

O senador Paulo Paim (PT-RS) lembrou que a população negra é a mais atingida pela violência estrutural brasileira, alimentada pelo racismo.

“75% das vítimas de homicídio no Brasil são negras. 77% dos jovens assassinados são negros, um a cada 23 minutos. 13 mulheres são violentadas e assassinadas por dia, a maioria negra. Até quando? Basta!”, tuitou, nesta quarta-feira, 3.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, citou a história de ancestrais judeus, perseguidos durante o holocausto, para repudiar qualquer atitude discriminatória.

“Quantos negros ainda serão barbaramente assassinados até que o ser humano entenda que nada é mais hediondo do que a discriminação racial? Tenho comigo a história de antepassados que viveram os horrores do holocausto. Toda discriminação, seja de raça, cor ou credo, é mais do que um crime. É uma afronta à humanidade”, avaliou Davi via Twitter.

Na mesma linha, publicou a senadora Mailza Gomes (PP-AC):

“Sou contra qualquer tipo de violência! Vidas negras, brancas, indígenas importam, sim! Não importa de que cor somos. Somos humanos. Somos gente. Basta de violência! Precisamos nos unir para enfrentar essa pandemia que já matou mais de 30 mil pessoas no Brasil. Somente com união, diálogo e amor teremos um mundo melhor para viver.”

O senador Romário (Podemos-RJ) condenou o racismo e também a escalada do fascismo.

“O mundo caminha sobre os ombros da injustiça há séculos. De tempos em tempos, a sociedade vai percebendo que certas práticas são injustificáveis e a dor de ‘um’ acaba dando voz à dor de milhões de pessoas, formando uma rede poderosa capaz de promover mudanças. Estou falando obviamente do racismo, uma injustiça fatal a milhões de pessoas em todo o mundo, mas também estou falando do fascismo, que já foi combatido no passado, mas parece querer botar as garras de fora novamente”, disse.


“Vidas negras importam! Um basta para o genocídio do povo negro”, salientou o senador Rogério Carvalho (PT-SE).

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade