Alagoas, 31 de março de 2020 26º min 29º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
ECONOMIA

Alagoas é autorizada a contratar até US$ 136 bilhões em empréstimo externo

Tâmara Albuquerque

26/03/2020 11h11

Senado: "Alagoas poderá contratar operação de crédito"
Agência SenadoSenado: "Alagoas poderá contratar operação de crédito"

O Senado autorizou o governo de Alagoas a contratar operação de crédito externo no valor de até US$ 136 bilhões com a Corporação Andina de Fomento (CAF). A resolução, assinada pelo presidente em exercício, Antônio Anastasia, foi publica hoje no Diário Oficial da União. Os recursos serão utilizados no financiamento de medidas previstas no Programa Estrutura Alagoas, que contempla obras de saneamento, urbanização e transportes. 

A CAF, ou Banco de Desenvolvimento da América Latina foi fundada em 1970 e atualmente é formada por 19 países, sendo 17 da América Latina e Caribe, Espanha e Portugal, e ainda 14 bancos privados da região.

Durante a discussão da matéria, senadores salientaram que o empréstimo se soma aos esforços para assegurar um alívio financeiro aos estados, que terão grandes despesas com o enfrentamento do coronavírus. No entanto, houve controvérsia sobre a adequação do projeto à pauta da sessão. Entretanto, Anastasia enfatizou que o Senado atenderá todas as demandas financeiras dos estados.

“Há uma tradição de darmos urgência a todo projeto que interessa aos estados. Como este projeto foi colocado no esforço conjunto de combate à pandemia, todos os projetos de estados que chegarem terão tramitação rápida, pois há necessidade de recursos”, esclareceu. O Planalto já disponibilizou R$ 40 bilhões para contratação de empréstimos para garantia dos estados.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade