Alagoas, 23 de setembro de 2019 23º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
BASTIDORES

Raquel Dodge dá mais poder a aliado de Renan Calheiros

Redação com Antagonista

20/08/2019 10h10 - Atualizado em 22/08/2019 12h12

O senador por Alagoas, Renan Calheiros
Foto: DivulgaçãoO senador por Alagoas, Renan Calheiros

Na revista Crusoé, o jornalista Igor Gadelha informou que a procuradora-geral da República Raquel Dodge deu mais uma atribuição ao secretário-geral da Mesa Diretora do Senado, Luiz Fernando Bandeira de Mello Filho, no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

A PGR designou Bandeira para representar o CNMP como titular do Conselho Nacional de Proteção de Dados Pessoais e da Privacidade, órgão recém-criado pelo Congresso.

No entanto, Bandeira chegou à Secretaria-Geral da Mesa Diretora por indicação de Renan Calheiros.

Em 2018, a força-tarefa da Operação Lava Jato, em Curitiba, emitiu uma nota repudiava ‘qualquer indevida tentativa de constranger o Ministério Público’. 

Os procuradores se manifestaram após o conselheiro Luiz Fernando Bandeira de Mello pedir à Corregedoria Nacional do MP que apure a ‘regularidade da instrução de feitos da Lava Jato que possam ter impacto nas eleições de 2018‘.

Tal pronunciamento foi encarado como defesa de Fernando Haddad (PT).

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade