Alagoas, 20 de agosto de 2019 23º min 26º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
SENADO FEDERAL

Renan Calheiros comemora vitória contra "Agenda da Morte" de Jair Bolsonaro

Bruno Fernandes

12/06/2019 15h03 - Atualizado em 12/06/2019 15h03

Renan Calheiros usou Twitter para criticar decreto de Jair Bolsonaro
DivulgaçãoRenan Calheiros usou Twitter para criticar decreto de Jair Bolsonaro

O senador Renan Calheiros (MDB) comemorou nesta quarta-feira, 12, o que definiu como uma vitória contra a "Agenda da Morte" do presidente Jair Bolsonaro (PSL). A  Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) sustou os efeitos do decreto presidencial sobre o uso de armas de fogo.

Por meio de seu Twitter, após a comissão aprovar o projeto de decreto legislativo (PDL) sustando os efeitos do decreto do presidente Jair Bolsonaro (PSL) que flexibiliza o acesso às armas de fogo, o senador Renan Calheiros (MDB) usou as redes sociais para apontar criticas ao chefe do Executivo nacional.

“CCJ derrotou um item da agenda da morte de Bolsonaro que liberou o uso de armas. É o Senado exercendo seu papel e independência”, escreveu Calheiros em sua conta no Twitter.

Em um vídeo divulgado no mesmo post, Calheiros também defende que os decretos do Executivo não são intocáveis. “Nunca me imaginei aqui, em pleno século 21, lutando com vários senadores para proteger direitos inalienáveis”, disse.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir 16k
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade