Alagoas, 24 de outubro de 2021 25º min 30º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
Mudanças Espectrais

Operação Espectro: Alfredo Gaspar de Mendonça é o novo chefe do Gecoc

A decisão para a mudança veio do promotor e o atual coordenador do Gecoc, Luiz Vasconcelos, no dia 16 de março

04/04/2012 07h07

Operação Espectro: Alfredo Gaspar de Mendonça é o novo chefe do Gecoc

Alfredo Gaspar de Mendonça,promotor de justiça, afirmou que recebeu total liberdade do procurador-geral Eduardo Tavares para conduzir o Gecoc, dando as possíveis respostas que a sociedade está pedindo. Gaspar é a nova "cara" que vai assumir a coordenação do Grupo Executivo de Combate às Organizações Criminosas do Ministério Público Estadual.

 

 

 

Segundo o novo chefe do Gecoc há uma  grande preocupação com a elucidação dos fatos apurados na Operação Espectro. O esquema, que pode ter desviado um total estimado em R$ 300 milhões, se baseia em fraudes de compras para a área de segurança, principalmente presídios.

 

 

 

No início de março a operação veia à tona. Empresários e contadores foram presos e identificados. No total oito acusados. Entretanto nomes dos gestores públicos que teriam participação no esquema permanecem até hoje em mistério absoluto.

 

 

 

Infelizmente deu-se a impressão de que o Gecoc estava preservando gestores públicos.  O promotor e o atual coordenador do Gecoc, Luiz Vasconcelos, no dia 16 de março, afirmou que seria injusto apontar os nomes dos gestores suspeitos. Provavelmente, essa atitude do Gecoc teria desagradado o procurador-geral Eduardo Tavares. Por causa disso houve-se a decisão para ocorrer, no grupo, mudanças.

 

 

 

Na primeira gestão de Eduardo Tavares, Alfredo Gaspar de Mendonça, coordenou o Gecoc à frente do MPE. 

 

 

 

Segundo Gaspar, na conversa inicial que teve nesta terça-feira (3) com o procurador-geral Eduardo Tavares, não se chegou a uma detalhada a reestruturação do Gecoc. Existiu troca de idéias sobre as dificuldades estruturais de um órgão colegiado importante como o Gecoc e como saná-las. De acordo ele, o procurador-geral não criticou ninguém.

 

 

 

De acordo com Alfredo Gaspar de Mendonça é preciso trabalhar com inteligência onde investimentos são indispensáveis. Definir o rumo é o mais importante, neste momento. 

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade