Alagoas, 24 de outubro de 2021 25º min 30º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
Sem palavras

MP Eleitoral não recebe explicações de Temóteo Correia

Segundo a assessoria, a instauração de procedimento administrativo para apurar os fatos continua em tramitação

03/04/2012 09h09

MP Eleitoral não recebe explicações de Temóteo Correia

Temóteo Correia (DEM), deputado estadual, não compareceu na última sexta-feira (30) ao Ministério Público Eleitoral. O motivo para tal ausência seria a falta de interesse do deputado em dar  explicações sobre a sua afirmação de “ter comprado votos” durante uma de suas campanhas eleitorais em no estado de Alagoas.

 

Segundo a assessoria do Ministério Público Federal em Alagoas, Temóteo Correia, não encaminhou qualquer manifestação, a fim de relatar o porquê de não se explicar ao procurador da República, Rodrigo Tenório. 

 

A assessoria comunicou que o prazo para que o parlamentar se manifestasse era de cinco dias úteis. Porém, este já foi foi esgotado no último dia 30 [sexta-feira]. Até agora, o Ministério Público Eleitoral não recebeu qualquer manifestação do deputado.

 

No último dia 23, a Casa assinou que recebeu o comunicado do MPE. O ofício foi encaminhado à Assembleia Legislativa do Estado.

 

Segundo a assessoria, a instauração de procedimento administrativo para apurar os fatos continua em tramitação. RodrigoTenório, que esteve em Brasília na semana passada, não se pronunciará sobre os fatos. Uma das solicitações do procurador também chegou à Superintendência da Polícia Federal em Alagoas. Tenório quer saber da existência de inquérito policial tratando do crime de compra de voto por parte de Temóteo Correia.

 

O artigo 299 do Código Eleitoral “estabelece como crime dar, oferecer, prometer, solicitar ou receber, para si ou para outrem, dinheiro, dádiva, ou qualquer outra vantagem, para obter ou dar voto e para conseguir ou prometer abstenção, ainda que a oferta não seja aceita. A pena prevista é de reclusão até quatro anos e pagamento de cinco a quinze dias-multa”

 

Há duas semanas, Temóteo Correia afimou em entrevista ao programa CQC que tinha a prática de comprar votos para se eleger. 

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade