Alagoas, 29 de novembro de 2021 26º min 32º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
RADAR FEBRABAN

Cresce a falta de esperança sobre futuro econômico do País

Confiança em bancos foram os únicos fatores positivos na pesquisa Radar Febraban

Bruno Fernandes

26/09/2021 10h10 - Atualizado em 26/09/2021 10h10 - Edição 1137

Movimentação no varejo, em Maceió
Agência Alagoas/arquivoMovimentação no varejo, em Maceió

O brasileiro não tem mais perspectivas econômicas auspiciosas para o País pelos próximos seis meses, revela a terceira edição da pesquisa Radar Febraban (Federação Brasileira de Bancos), sobre o otimismo da população quanto à recuperação econômica. Segundo a pesquisa, a maior parte da população só enxerga no horizonte dos próximos meses nuvens de apreensão com desemprego, inflação e perda do poder de compra, com juros mais elevados.

A pesquisa foi realizada entre 2 e 7 de setembro, com 3 mil entrevistados em todas as cinco regiões do País e publicada esta semana. A primeira edição foi feita em março e a segunda, em junho. Apesar da falta de esperança, 68% dos consultados têm fé de que sinais de recuperação econômica aparecerão no ano que vem.

Depois de uma breve recuperação na segunda edição da pesquisa, o grupo dos que perderam as esperanças de recuperar suas finanças ainda este ano foi a 55%. Apenas 18% ainda acreditam na melhora de sua situação financeira até o Natal, com um recuo de 5 pontos porcentuais em relação à edição anterior do Radar Febraban.

Confira a matéria na íntegra na edição do EXTRA, nas bancas!

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade