Alagoas, 16 de setembro de 2021 23º min 28º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
MINAS GERAIS

Mulher escravizada por 38 anos é indenizada com imóvel onde trabalhou

Com UOL

15/07/2021 08h08

Madalena Gordiano
DivulgaçãoMadalena Gordiano

Sete meses após ser libertada, Madalena Gordiano, 48, entrou em acordo com a família Milagres Rigueira, que a manteve durante 38 anos em condições de trabalho análogos à escravidão.

Madalena cobrava o pagamento de R$ 2.244.078,81 em direitos trabalhistas. Em audiência virtual no Tribunal Regional do Trabalho da terceira região em Patos de Minas nesta terça-feira (13), ela aceitou a proposta oferecida no valor de R$ 690.100.

O pagamento será feito com a entrega do apartamento da família, em que Madalena viveu durante os últimos 15 anos. O imóvel está avaliado em R$ 600 mil, mas possui uma dívida em financiamento de R$ 180 mil que Madalena terá de arcar.

Ela também ficará com um carro da marca Hyundai, no valor de R$ 70 mil, e uma quantia de mais R$ 20 mil. 

O acordo leva em conta apenas a relação trabalhista e tinha como réus o professor universitário Dalton Milagres Rigueira, sua esposa, Valdirene Lopes Rigueira, e as filhas do casal, Bianca Lopes Milagres Rigueira e Raíssa Lopes Fialho Rigueira.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade