Alagoas, 24 de novembro de 2020 24º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
MINAS

Candidato a vereador é suspeito de matar a mulher a facadas

R7

20/10/2020 14h02

Adílio Gomes e a companheira discutiram por causa da porta de uma geladeira
R7Adílio Gomes e a companheira discutiram por causa da porta de uma geladeira

A Polícia Militar está a procura de Adílio Gomes, de 40 anos, candidato a vereador pelo PSDB, suspeito de matar a mulher a facadas dentro de casa, na cidade de Bandeira do Sul, a 323 km de Belo Horizonte, na noite de segunda-feira (19).

A corporação recebeu o chamado por volta das 19 horas para atender uma ocorrência de violência doméstica na casa onde o casal morava, no Centro da cidade. Foi a filha da vítima, de 18 anos, que acionou a polícia. Segundo os militares, ao chegarem no endereço, os agentes encontraram o corpo de Roberta Camile de Araújo Silva, de 34 anos, caído no quintal da residência com vários ferimentos causados por uma faca.

Relatos de parentes da vítima à PM revelaram que o casal teria passado a tarde em um sítio onde comemoravam o aniversário de uma das três filhas que tinham e também da mãe de Gomes.

De acordo com os parentes, o casal se desentendeu por causa de uma porta de geladeira que estava aberta. A família contou que depois que voltaram para a casa onde moravam, a discussão teria continuado.

De acordo com a filha, a jovem estava no quarto quando ouviu a mãe gritar. Ela correu até o quintal e encontrou Roberta ferida. A avó da menina, mãe do candidado a vereador, também estava na casa. Após ver o que tinha acontecido, ela passou mal e precisou de atendimento médico.

De acordo com a polícia, a mulher levou 13 facadas. Ela foi atingida na barriga, nas costas, nas pernas e em uma das mãos. A faca usada no crime foi encontrada perto da casa da vítima. O principal suspeito do crime, Adílio Gomes, continua foragido.

O R7 entrou em contato com o PSDB (Partido Da Social Democracia Brasileira) para comentar sobre o ocorrido, mas aguarda retorno. A reportagem também tentou entrar em contato com o celular de Adílio Gomes, mas as chamadas não foram atendidas. Nenhum advogado do candidato foi localizado.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade