Alagoas, 22 de setembro de 2020 24º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
CINCO ANOS

Alagoana é detida em flagrante por abandono de incapaz em Minas Gerais

Bruno Fernandes

06/08/2020 14h02

Militares foram acionados para averiguar a denuncia
Governo de Minas GeraisMilitares foram acionados para averiguar a denuncia

Uma alagoana de 19 anos foi presa por abandono de incapaz na manhã dessa quinta-feira, 6, no Município de Patos de Minas, em Minas Gerais, após o filho dela, de apenas 5 anos, ser flagrado andando sozinho nas proximidades de uma escola estadual.

Segundo informações do portal Patos Agora, a criança, que tem problemas mentais, estava desde as 7h da manhã no local, com poucas vestes e apresentando bastante frio e foi encontrada por vizinhos, que acionaram o Conselho Tutelar.

Os militares foram acionados por volta das 9h40min por uma conselheira tutelar, que alegou que o órgão foi informado de que havia uma criança perdida na Rua São Geraldo, Bairro Guanabara, desde as 7h, com poucas vestes e bastantes frio.

Os militares, juntamente com a conselheira, foram até a escola, porém não descobriram o endereço da criança, apenas o nome da mãe. Diante disso, a criança foi encaminhada para a Casa da Colhida.

Após diversos levantamentos, os policiais conseguiram descobrir que o menino reside na Rua Santa Marta, no bairro Lagoinha. Em conversa com um primo da mãe da criança, ele disse que a jovem, que não teve o nome revelado é natural de Alagoas e mudou para Patos de Minas há 7 meses com o filho.

Como ela trabalha como gari, o menino tem costume de ir para a casa de conterrâneos e vizinhos por conta própria. Em um bar nas proximidades da residência da criança, uma testemunha informou que o menino tem costume de andar sozinho pelas proximidades.

Os policiais conseguiram localizar a mãe da criança no Centro da cidade. Ela alegou que realmente o filho tem costume de ir sozinho para a casa de parentes quando ela está trabalhando.

Diante dos fatos, a mulher foi presa em flagrante e levada à Delegacia de Polícia Civil de Patos de Minas. Após assinar um TCO a jovem foi liberada.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade