Alagoas, 12 de julho de 2020 23º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
CAIU

Carlos Alberto Decotelli pede demissão do Ministério da Educação

30/06/2020 17h05

Carlos Decotelli entregou a carta de demissão nesta terça, cinco dias após sua escolha para comandar o MEC.
YahooCarlos Decotelli entregou a carta de demissão nesta terça, cinco dias após sua escolha para comandar o MEC.

O novo ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli, pediu demissão do cargo após 5 dias do anúncio feito pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de sua escolha para comandar o Ministério da Educação, feita na quinta-feira (25) da semana passada.

O motivo de sua saída, oficializada nesta terça-feira, 30, foi o desgaste sofrido por conta dos erros e inconsistências presentes em seu currículo. Decotelli - que havia sido nomeado, mas não empossado - entregou uma carta de demissão a Bolsonaro. O próprio presidente teria convencido o agora ex-ministro a deixar o cargo.

Bacharel em Ciências Econômicas pela UERJ (Universidade Estadual do Rio de Janeiro) e ex-presidente do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação), Decotelli foi o nome escolhido para suceder Abraham Weintraub, que pediu demissão da pasta após 14 meses no cargo ao ser indicado para um posto de diretor representante do Brasil no Banco Mundial.

De acordo com fontes do Planalto, a ala militar agora tenta convencer o presidente a escolher um nome com o mesmo perfil técnico e que não seja ligado ao escritor Olavo de Carvalho, guru da ala ideológica e padrinho Weintraub no MEC.

Enquanto isso, o Ministério da Educação enfrenta desafios urgentes, como a aprovação do novo Fundeb, volta às aulas presenciais e realização do Enem 2020, ainda sem data marcada.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade