Alagoas, 13 de julho de 2020 23º min 26º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
EM CARTA

Primeira-dama de Tamandaré pede perdão à mãe de Miguel

Com UOL

06/06/2020 09h09

Sari Corte Real (direita) pede perdão
DivulgaçãoSari Corte Real (direita) pede perdão

Sarí Mariana Gaspar Hacker Corte Real, pediu perdão à ex-funcionária Mirtes Renata Santana de Souza, pela morte do filho dela, Miguel Otávio Santana da Silva, 5, em um texto divulgado na noite de sexta-feira, 5, intitulado de "carta a Mirtes." 

Miguel morreu na terça-feira, 2, ao cair do 9º andar de um dos prédios do condomínio Píer Maurício de Nassau, no bairro São José, área central do Recife. O texto foi divulgado após três dias de silêncio de Sarí e a família Hacker da Corte Real sobre a morte do menino Miguel. 

Ontem, dois protestos ocorreram em Recife pedindo justiça ao caso. A carta foi enviada ao UOL pela assessoria de imprensa do prefeito de Tamandaré, Sérgio Hacker (PSB), marido de Sarí. No texto, ela pede perdão a Mirtes e diz ser solidária ao sofrimento da ex-funcionária.

Leia na íntegra

Carta a Mirtes

Como mãe, sou absolutamente solidária ao seu sofrimento. Miguel é e sempre será um anjo na sua vida e na sua família.Não há palavras para descrever o sofrimento dessa perda irreparável.Nunca, mas nunca mesmo, pude imaginar que qualquer mal pudesse acontecer a Miguel, muito menos a tragédia que se sucedeu.

Te peço perdão. Não tenho o direito de falar em dor, mas esse pesar, ainda que de forma incomparável, me acompanhará também pelo resto da vida. Estou sendo condenada pela opinião pública como historicamente outros foram. As redes sociais potencializam o ódio das pessoas. 

Tenho certeza que a Justiça esclarecerá a verdade. Na nossa casa sempre sobrou carinho e amor por você, Miguel e Martinha. E assim permanecerá eternamente.Rezo muito para que Deus possa amenizar o seu sofrimento e confortar seu coração.

Sarí Gaspar


Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade