Alagoas, 13 de julho de 2020 23º min 26º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
ECONOMIA

Governo cria canal para contestar auxílio emergencial negado

Bruno Fernandes

02/06/2020 17h05

Beneficiários aguardam pagamento da 2ª parcela do auxílio
Agência BrasilBeneficiários aguardam pagamento da 2ª parcela do auxílio

O governo federal vai criar um canal digital de contestação para aqueles que tiveram o auxílio emergencial de R$ 600 negado. A informação foi divulgada nesta terça-feira, 2, pelo ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, durante uma entrevista no programa “Brasil Urgente”, da TV Bandeirantes.

A partir deste canal, que será lançado até o final desta semana, o governo vai revisar pedidos mediante solicitações das pessoas não contempladas.

“Nós estamos construindo o que chamamos de ‘esteira de contestação’, que vai ser pelo número 121, mas que ainda não está pronto”, afirmou o ministro.

Até o início do mês de maio, 32,8 milhões de brasileiros tiveram o benefício negado, segundo dados do Dataprev. Neste mesmo período, 50,5 milhões de pedidos foram aprovados.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade