Alagoas, 11 de dezembro de 2019 25º min 29º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
CRIME

Padrasto mantém adolescentes reféns há mais de 20 horas

Terra

03/12/2019 13h01

Homem está irredutível, de acordo com a polícia; caso acontece na região oeste do Paraná
DivulgaçãoHomem está irredutível, de acordo com a polícia; caso acontece na região oeste do Paraná

Um homem, de 39 anos, mantém os dois enteados adolescentes como reféns a mais de 20 horas dentro de uma casa, em Cafelândia, no Paraná. A Polícia Militar informa que o sequestro começou ainda na tarde de segunda-feira, 2, por volta de 13h30.

A situação chama atenção na cidade pacata da região oeste do Paraná. De acordo com a polícia, o suspeito está armado com uma faca e não quer liberar os enteados, um menino e uma menina de 12 e 13 anos. Uma outra criança, de 10 anos, que estava na casa conseguiu fugir. Apesar de estarem bem, as crianças chegaram a ficar amarradas pelas mãos com uma corda.

Ainda não se sabe o motivo do sequestro, já que o homem pouco fala e se mostra irredutível na negociação para a soltura das vítimas. As negociações estão sendo feitas desde o início da noite de segunda-feira por agentes do Bope. "Ele não entrou em detalhes do que seria o motivo. Ele varia bastante o humor, tem picos de agressividade e às vezes fica mais tranquilo", afirma o Major da Polícia Militar, Jorge Aparecido Fritola.

Mesmo sem grandes avanços, as negociações devem continuar. "A técnica recomenda negociar o máximo possível. Nós vamos negociar o tempo que for preciso, nem que seja para vencê-lo pelo cansaço", declarou Fritola. "A ação tática só é utilizada em um iminente risco de vida" .

Irmão do sequestrador conta que ficou surpreso com a atitude e não imagina o motivo pelo qual ele esteja agindo dessa maneira. O homem teria problemas com bebida.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade