Alagoas, 16 de junho de 2019 24º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
Família x política

Mais da metade das pessoas já "perdoou" briga sobre eleição

Com assessoria

14/01/2019 06h06

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Haddad ou Bolsonaro? Toda eleição reserva um pouco de polêmica, mas, o sufrágio ocorrido em 2018 no Brasil talvez tenha sido o mais controverso da história do país. Amizades foram desfeitas, famílias brigaram e colegas se desentenderam.

Mas, após a definição da disputa para presidente da república, como esses relacionamentos ficaram? Segundo estudo da Toluna com 533 pessoas, empresa fornecedora líder de insights do consumidor para a economia sob demanda, 37% das pessoas discutiram devido às eleições de 2018. 

Mas, após o término da disputa, 52% delas contaram que o relacionamento com as pessoas que discutiram já voltou ao que era antes. Além disso, entre essas pessoas que discutiram, 59% disseram que não valeu a pena brigar com parentes ou amigos por causa da política.

Postagens em redes sociais 

A mesma pesquisa ainda perguntou como está o hábito dos brasileiros nas redes sociais, um dos maiores palcos de discussões sobre as últimas eleições. 

Mas, apesar de discordar ou concordar com o novo plano de governo, a maioria das pessoas (57%) manteve o mesmo volume de publicações, contra 24% que diminuíram e 19% que aumentaram os posts.

A pesquisa foi realizada no dia 6 de novembro de 2018 com 533 pessoas das classes A, B e C, segundo critério de classificação de classes utilizado pela Abep – Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa, onde pessoas da classe C2 tem renda média domiciliar de R$ 1.625 por mês.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir 15k
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade