Alagoas, 19 de abril de 2019 24º min 29º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
NOVA TAXA

Correios deve arrecadar R$ 90 milhões ao mês

TecMundo

30/08/2018 11h11

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Os Correios anunciaram nesta segunda-feira, 27, que passariam a cobrar uma taxa fixa de R$ 15 sobre toda e qualquer encomenda internacional que chegar ao Brasil pelas mãos da empresa estatal. Essa cobrança recebeu o nome de “Despacho Postal” e entrou em vigor no mesmo dia do anúncio. Considerando uma média de 20 dias úteis em um mês, os Correios podem arrecadar até R$ 90 milhões mensalmente. Esse cálculo é uma estimativa dos próprios Correios e divulgada incialmente pela Agência Brasil (AB).

A empresa revelou que, nos últimos meses, tem recebido algo entre 100 mil e 300 mil encomendas internacionais por dia em sua grande central de distribuição internacional em Curitiba e, até agora, os custos para o manejo e regularização desses produtos vinha sendo diluído nos outros produtos que a empresa estatal oferece aos consumidores.

Em entrevista coletiva a jornalistas em Brasília, Carlos Roberto Fortner, presidente dos Correios, assegurou que esse valor será reinvestido na melhoria dos serviços da empresa. “O valor arrecadado com a cobrança será destinado a custear a estrutura necessária ao desembaraço alfandegário, um custo que estava sendo embutido em outros serviços”, disse.

Fortner também destacou que, apesar de ser novidade para os consumidores brasileiros, essa taxa de Despacho Postal é comumente cobrada em outros países. Ele também afirma que, em média, esse valor de R$ 15 é quatro vezes menor que o cobrado por empresas privadas que atuam no nosso país. De acordo com a estatal, o volume de encomendas internacionais deu um salto para cima de 80% entre 2016 e 2017. Até o mês de junho deste ano, o crescimento já teria batido a marca dos 32%.

Consumidores reclamam ao Senado

Apesar disso, os usuários dos Correios não estão satisfeitos. Na publicação que o TecMundo fez sobre o tema nesta segunda-feira, houve mais de 600 comentários, em sua maioria criticando a postura da estatal.

Fora isso, segundo levantamento da AB, pelo menos quatro propostas populares pedindo o fim da cobrança do Despacho Postal pelos Correios foram criadas no portal e-Cidadania do Senado. Uma delas já tem mais de 17,5 mil apoiadores e, caso alcance 20 mil até o fim de dezembro, será obrigatoriamente encaminhada à Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado Federal e, em seguida, discutida pelos parlamentares.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir 13.4k
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade