Alagoas, 28 de janeiro de 2022 24º min 31º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
Política

Câmara votará novo processo contra Donadon

Condenado e preso, deputado escapou de cassação na primeira votação. Votação no plenário agora será aberta e foi marcada para quarta-feira (12)

Do G1, em Brasília

05/02/2014 09h09

Câmara votará novo processo contra Donadon

O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, marcou para a quarta-feira (12) da semana que vem sessão do plenário da Casa para votar um novo processo de cassação do mandato do deputado Natan Donadon (sem partido-RO), condenado a 13 anos por peculato e formação de quadrilha. O parlamentar está preso na Penitenciária da Papuda, em Brasília.

Este é o segundo processo de cassação enfrentado pelo deputado de Rondônia. No dia 28 de agosto, o plenário da Câmara rejeitou cassar o mandato de Donadon. Na votação, secreta, 233 parlamentares se manifestaram a favor da cassação, mas para isso eram necessários pelo menos 257 votos.

Diante do resultado, o PSB protocolou no Conselho de Ética novo requerimento para abertura de processo por quebra de decoro. O colegiado aprovou em novembro do ano passado relatório do deputado José Carlos Araújo (PSD-BA) pela perda do mandato de Donadon. O processo, então, seguiu para o plenário.

Desta vez, a votação  será feita por voto aberto, já que o Congresso promulgou no final do ano passado a Proposta de Emenda à Constituição que pôs fim ao voto sigiloso em processos de cassação e análise de vetos presidenciais.

Lereia
Henrique Alves também marcou para a próxima quarta (12) votação no plenário da decisão do Conselho de Ética de suspender por 90 dias o mandato do deputado Carlos Alberto Lereia (PSDB-GO), investigado em 2012 por manter relação próxima com o bicheiro Carlinhos Cachoeira, condenado por peculato, corrupção, violação de sigilo e quadrilha.

Se confirmada pelos demais deputados, será o primeiro caso de suspensão na Casa desde 1988. Segundo escutas telefônicas obtidas pela Polícia Federal, o parlamentar chegou a receber a senha do cartão de crédito do bicheiro. Ele diz que a relação se limita à amizade pessoal.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade