Alagoas, 16 de outubro de 2021 25º min 29º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
EM ALERTA

Vulcão capaz de gerar tsunami no Nordeste brasileiro entra em erupção

UOL com Correios

19/09/2021 12h12 - Atualizado em 19/09/2021 12h12

Vulcão Cumbre Vieja entrou em erupção nas Ilhas Canárias
ReutersVulcão Cumbre Vieja entrou em erupção nas Ilhas Canárias

Após uma semana de alerta, o vulcão Cumbre Vieja entrou em erupção nas Ilhas Canárias, no fim da manhã deste domingo (19). Por volta das 11h15 no Brasil e às 15h15 no horário local, as autoridades anunciaram o início da erupção.

Mais cedo, ainda neste domingo, o governo das Ilhas Canárias anunciou que o vulcão estava com "nível de atividade máximo". No entanto, apesar de ter assustado baianos na última semana, mesmo com a erupção, as chances de ocorrer um tsunami capaz de afetar a Bahia e a costa nordestina são baixas, segundo especialistas.

Neste domingo, a atividade sísmica foi intensificada, chegando a haver manifestações superficiais como ruídos e vibrações. Por isso, o governo das Ilhas Canárias recomendou que se intensifiquem as medidas remoção da população em risco. Pessoas com mobilidade reduzida foram evacuadas do local.

De acordo com o pesquisador do Instituto de Ciências do Mar da UFC (Universidade Federal do Ceará), Carlos Teixeira, a erupção até o momento é de pequeno porte e não há qualquer alerta de tsunami.

O Cumbre Vieja não entra em erupção desde 1971 e voltou a ser notícia nesta semana, ao entrar em alerta amarelo. O vulcão ganhou destaque no Brasil, uma vez que seria o único que, em caso de erupção explosiva — nível mais alto de atividade vulcânica —, poderia ser capaz de gerar deslizamentos e provocar um tsunami, com força suficiente para chegar à costa brasileira. O risco desse cenário acontecer é baixo.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade