Alagoas, 24 de outubro de 2020 24º min 28º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
DUPLA AMERICANA

Nobel de Economia vai para estudo melhora a teoria do leilão

R7

12/10/2020 07h07

Paul R. Milgrom e Robert B. Wilson foram os vencedores deste ano
AssessoriaPaul R. Milgrom e Robert B. Wilson foram os vencedores deste ano

A dupla de americanos Paul R. Milgrom e Robert B. Wilson levou o prêmio Nobel de Economia, anunciado nesta segunda-feira (12), por pesquisas sobre a teoria dos leilões. Milgrom e Wilson conseguiram utilizar os conhecimentos sobre o tema para criar novos formatos de leilões para bens e serviços mais difíceis de serem comercializados, como frequências de rádio.

As descobertas da dupla beneficiam vendedores, compradores e todas as pessoas que pagam impostos em todo mundo. A academia sueca afirma que leilões estão em todos os lugares e afetam o dia a dia de todas as pessoas. Ambos os vencedores são americanos: Milgrom nasceu em Detroit, em 1948, e Wilson em Geneva, em 1937.

Wilson foi responsável por desenvolver a teoria dos leilões para casos em que o valor do objetivo é próximo para todos os participantes, mas cada um deles têm informações diferentes sobre a peça. Segundo a academia, "Wilson mostrou por que proponentes racionais tendem a dar lances menores do que os próprios valores: eles se preocupam com o curso do vencedor - que é sobre pagar muito e perder tudo".

Já Milgrom formulou uma teoria mais genérica, que também considera os leilões em que cada um dos participantes dá um valor para o item leiloado, análise que varia de acordo com o avaliador. A academia afirma que "ele analisou as estratégias de lances em uma quantidade de formatos de leilões conhecidos, demonstrando que o formato dava ao vendedor uma alta expectativa de venda quando os proponentes aprendem mais sobre os valores estimados dos outros participantes".

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade