Alagoas, 18 de abril de 2019 24º min 29º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
BÉLGICA

Estudante morre após comer macarrão feito cinco dias antes

Notícias ao Minuto

31/01/2019 09h09

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Um jovem de 20 anos que não foi identificado morreu após consumir um espaguete que havia cozinhado cinco dias antes, o caso ocorreu na Bélgica. De acordo com o canal do Youtube do Dr. Bernard o estudante costumava preparar suas refeições da semana em um domingo e armazenava a comida em potes de plástico e bastava aquecer os alimentos para o consumo.

O caso foi estudado e publicado no Journal of Clinical Microbiology, segundo o artigo o jovem cozinhou e deixou o alimento fora da geladeira por cinco dias. Após comer o macarrão, ele estava praticando esportes e sentiu fortes dores abdominais, dores de cabeça e náuseas. Ao chegar em casa teve diarréia e vomitou, mas não procurou atendimento médico, ele apenas tentou beber água, repousar e tentar dormir.

Na manhã seguinte seus pais estranharam quando ele não apareceu na faculdade. Quando foram buscá-lo em casa ele já estava morto.

O exame do corpo revelou que ele havia morrido às 4 da madrugada, cerca de 10 horas depois de comer o espaguete. Amostras do macarrão e do molho foram enviadas para análise no Laboratório Nacional de Referência para Surtos de Origem Alimentar (NRLFO).

A autópsia apontou para necrose hepática, o que significa que o seu fígado havia parado de funcionar. Amostras fecais revelaram a presença de Bacillus cereus, bactéria responsável pela "síndrome do arroz frito", envenenamento alimentar comumente causado por deixar arroz em temperatura ambiente por várias horas.

A amostra do macarrão e do molho enviados ao NRLFO apontaram que o alimento tinha quantidades significativas de Bacillus cereus, confirmando a causa da morte. De acordo com o portal IFLSciense as mortes por esta bactéria são surpreendente comuns.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir 13.4k
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade