Alagoas, 17 de julho de 2019 20º min 26º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
TRAGÉDIA

Colisão entre dois trens deixam pelo menos 18 mortos na Angola

Agência EFE

05/09/2018 08h08

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Pelo menos 18 pessoas morreram em um grave acidente ferroviário ocorrido na província de Namibe, no sudoeste de Angola, informaram nesta quarta-feira os veículos de imprensa locais.

Além disso, as autoridades afirmaram que outras 14 pessoas ficaram feridas, algumas delas em estado grave.

O acidente aconteceu na terça, 4, às 6h30 (hora local), na cidade de Bibala, quando dois trens se chocaram, diz a agência estatal de notícias "Angop".

As investigações apontam que a principal hipótese do acidente é que tenha acontecido por um erro humano no cálculo das distâncias, já que os dois trens circulavam pela mesma via.

O diretor da empresa responsável pela linha ferroviária, Caminho de Ferro de Moçamedes, Daniel Quipaxe, explicou que um dos trens transportava rocha, e o outro se encarregava da manutenção da via, encomendado por uma empresa chinesa.

O governador de Namibe, Carlos Rocha da Cruz, revelou que dois dos mortos são os maquinistas dos trens, um angolano e um chinês.

O presidente de Angola, João Lourenço, utilizou o Twitter para lamentar o grave acidente: "Recebo com profunda consternação a notícia do acidente entre dois trens que circulavam na rota Lubango-Namibe".

"Trata-se de um acontecimento trágico que deixa como consequência que várias famílias percam seus entes queridos", completou o presidente.

De acordo com a imprensa local, este é o segundo acidente registrado na linha de Moçamedes este ano, já que em fevereiro, um trem de carga descarrilou, mas não deixou mortos.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir 15.5k
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade