Alagoas, 26 de abril de 2019 26º min 28º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
LONDRES

Homem é preso suspeito de terrorismo após atropelamento

Reuters

14/08/2018 11h11

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A polícia britânica prendeu nesta terça-feira, 14, um homem suspeito de terrorismo dizendo que ele parece ter atropelado ciclistas deliberadamente e depois lançado um carro contra barreiras de segurança instaladas diante do Parlamento, aparentemente no segundo ataque contra o edifício no centro de Londres em menos de 18 meses.

O homem de cerca de 20 anos feriu três pessoas ao lançar seu carro sobre um grupo de ciclistas e pedestres antes de se chocar com uma barreira diante do Parlamento durante o horário de pico do início da manhã.

“Dado que isto parece ser um ato deliberado, o método, e sendo este um local emblemático, estamos tratando como um incidente terrorista”, disse o comissário-assistente de Londres, Neil Basu.

Basu disse que o suspeito não está cooperando com a polícia. Não se acredita que ele é conhecido das forças de segurança, acrescentou.

Nenhum dos feridos corre risco de morte, segundo autoridades.

A polícia disse que um Ford Fiesta prateado atingiu vários ciclistas e pedestres e depois se chocou com barreiras diante do Parlamento às 7h37 locais (3h37 no horário de Brasília).

“O motorista do carro, um homem de cerca de 20 anos, foi preso no local por agentes armados”, disse a polícia em um comunicado. “Ele foi preso pela suspeita de delitos terroristas. Não havia mais ninguém no veículo, que continua no local e está sendo revistado. Nenhuma arma foi encontrada até o momento”.

Em março de 2017, Khalid Masood, de 52 anos, matou quatro pessoas na Ponte de Westminster e em seguida matou um policial desarmado a facadas no terreno do Parlamento. Ele foi morto a tiros no local. O incidente foi o primeiro de cinco ataques no Reino Unido no ano passado que a polícia considerou atos de terrorismo.

O Serviço de Ambulância de Londres disse que tratou duas pessoas no local nesta terça-feira e que elas foram levadas ao hospital. Uma terceira pessoa com ferimentos leves foi atendida no local do ataque.

Policiais armados correram para o local e isolaram uma área ampla em torno do Parlamento no centro de Londres, normalmente repleta de turistas e funcionários do governo.

Vídeos do incidente mostraram o veículo fazendo uma curva ilegal e avançando sobre um grupo de ciclistas que esperava em um semáforo e depois entrando m uma travessa usada para dar acesso ao Parlamento, onde atingiu uma barreira e parou.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, que como outros parlamentares está de férias durante o recesso da legislatura, expressou solidariedade com os feridos.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir 13.6k
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade