Alagoas, 24 de junho de 2019 23º min 26º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322

Homem ganha a vida catando lixo reciclável pela orla de Maceió

Redação

16/04/2018 12h12

Foto: Bruno Fernandes
Foto: Bruno Fernandes

“Recebo mais ou menos R$100 por semana. Saio da Levada e pego a Pajuçara, Ponta Verde, Jatiúca e Cruz das Almas. Rodo tudo pra encher essa carroça de lixo reciclável. Moro em uma vila lá na Levada mesmo e alugo um quarto por R$160 por mês. O banheiro é compartilhado e cozinho com álcool de automóvel. Aprendi nas andanças da vida. Eu era cortador de cana, já trabalhei em muitas usinas, mas não deu certo. Hoje sou muito feliz, mas meu sonho mesmo é comprar minha casa” - Mauro Gabriel, catador de lixo reciclável, 51 anos.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir 15.2k
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade