Alagoas, 25 de janeiro de 2022 24º min 31º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
COVID-19

Treze casos da variante ômicron são detectados no elenco do Belenenses

Agência Brasil

29/11/2021 19h07

Equipe enfrentou o Benfica no último sábado (27)
Pedro Nunes / ReutersEquipe enfrentou o Benfica no último sábado (27)

Portugal detectou 13 casos da variante ômicron do novo coronavírus (covid-19) nesta segunda-feira (29), todos envolvendo jogadores e membros da equipe técnica do Belenenses-SAD, um clube de futebol de Lisboa, desde que um jogador da equipe voltou recentemente da África do Sul, comunicou Direção-Geral de Saúde (DGS) do país.

A nova variante, que a Organização Mundial da Saúde (OMS) disse que provavelmente se “disseminará mundialmente”, foi encontrada após o Belenenses-SAD disputar uma partida do Campeonato Português contra o Benfica no sábado (27).

O jogo começou com somente nove jogadores do Belenenses-SAD em campo, porque o resto do elenco estava isolado, e só sete voltaram após o intervalo. A partida foi abandonada aos dois minutos do segundo tempo quando o Benfica vencia por 7 a 0.

“Estamos todos isolados, com exceção do time juvenil, que não jogou no sábado, 44 pessoas estão isoladas em casa”, disse um porta-voz da equipe, também em isolamento, nesta segunda-feira.

“Dois ou três jogadores e dois ou três membros da equipe têm sintomas, mas nada muito grave, o resto está assintomático. Todos estão esperando para repetir os exames assim que a agência de saúde autorizar”, acrescentou.

Ainda no sábado, os presidentes do Benfica e do Belenenses-SAD disseram em uma coletiva de imprensa que não tinham escolha a não ser disputar a partida para não serem punidos por “ausência injustificada”. Eles culparam a liga e a DGS por não permitirem que o jogo fosse adiado.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade