Alagoas, 03 de dezembro de 2021 26º min 32º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
CONHECIDO COMO CHICÃO

Árbitro Francisco Carlos decide encerrar a carreira após 18 anos

Assessoria FAF

19/11/2021 16h04 - Atualizado em 19/11/2021 17h05

Alagoano vai se preparar para assumir a vaga de analista de arbitragem
Divulgação FAFAlagoano vai se preparar para assumir a vaga de analista de arbitragem

Após 18 anos dedicados a arbitragem à FAF, Francisco Carlos do Nascimento decide fechar o ciclo como árbitro de futebol. Com tantas partidas importantes na carreira, o único árbitro central alagoano que integrou o quadro internacional da FIFA, opta por seguir um novo caminho, na função de analista de arbitragem. A decisão foi amadurecida pelo profissional ao longo dos últimos meses, após uma série de conversas com familiares e amigos mais próximos.

A despedida de Francisco Carlos já tem data marcada. No próximo dia 29, ele vai apitar um tempo do jogo da alegria no Estádio Rei Pelé entre amigos do alagoano Carlinhos Maia x amigos de Ronaldinho Gaúcho.

“Tem uma fase em nossa vida que é necessário seguir novos rumos e novos sonhos. Na arbitragem fiz centenas de amigos, representei Alagoas e o Brasil em competições internacionais. Saio de cabeça erguida e ciente que fiz o meu melhor em campo, defendendo sempre as regras do jogo com ética e profissionalismo”, disse Francisco Carlos.

Um dos momentos mais marcantes na carreira do árbitro foi representar a arbitragem brasileira no Torneio Internacional de Toulon, na França ainda quando pertencia ao quadro da FIFA. “Sem dúvida aquela competição foi especial para mim. Pude desempenhar atuações em grande nível com partidas sendo transmitidas para vários países do mundo, tendo meu trabalho reconhecido por autoridades da arbitragem mundial”, lembra o árbitro.
Para o presidente da Comissão de Arbitragem da FAF, Charles Hebert, a contribuição de Francisco Carlos para o futebol alagoano foi grandiosa. 

Felipe Feijó, presidente da FAF, agradece ao profissional pelo período que esteve integrando o quadro alagoano. “Francisco Carlos foi um profissional dedicado e sempre teve muito zelo pela arbitragem. Tenho certeza que o seu novo caminho será importante para conseguirmos revelar novos árbitros para o futebol alagoano”.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade