Alagoas, 30 de novembro de 2021 26º min 32º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
4 a 2 NO REI PELÉ

Em jogo com duas viradas, Operário vence CSA pela Série B do Brasileirão

Rodrigo Pimpão e Paulo Sérgio marcaram para os visitantes e fizeram valer a lei do ex no Rei Pelé

Bruno Fernandes

23/10/2021 20h08 - Atualizado em 23/10/2021 21h09

CSA foi derrotado em casa pelo Operário
Augusto Oliveira/Ascom CSACSA foi derrotado em casa pelo Operário

O CSA até esteve à frente do placar por alguns minutos, mas acabou derrotado pelo Operário por 4 a 2 na noite deste sábado, 23, no estádio Rei Pelé, em Maceió, em partida válida pela 31ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Os gols do jogo foram marcados por Felipe Garcia, Rodrigo Pimpão e Paulo Sérgio, para a equipe visitante. Renato Cajá e Dellatorre descontaram para a equipe azulina.

Com a derrota, o sonho da equipe alagoana de entrar no G4 fica um pouco mais distante, e agora o time soma apenas 45 pontos e figura na oitava posição, 7 abaixo do Goiás, que abre o seleto grupo. O Operário, por outro lado, subiu para a 14ª colocação, com 38 pontos e se afastou da zona do rebaixamento.

Primeiro tempo

O CSA começou o jogo em ritmo lento, falhando nas marcações e consequentemente dando espaço para a equipe adversária trabalhar a bola na sua defesa. Exemplo disso foi o primeiro gol do Operário, marcado devido a uma falta de atenção no lance que deu o gol para Felipe Garcia, logo aos 7 minutos do primeiro tempo.

Na jogada, Marcelo cobrou escanteio, mas a defesa do CSA vacilou e Felipe livre, cabeceu para mandar a bola na rede do arqueiro Lucas Frigeri, sem chances para uma defesa.

Apesar de sair atrás do placar, o Azulão foi buscar a virada sem forçar tanto. Delatorre marcou o gol do empate aos 19 minutos após cruzamento na área de Iury Castilho e Renato Cajá, aos 38 minutos fez o gol que marcou a virada para o Azulão, após desviar a bola chutada por Cristovam e a redonda entrar no gol de Thiago Braga.

Segundo tempo

O segundo tempo não foi o melhor para o CSA. Depois de entrar no vestiário revigorado por conta da virada no jogo, a equipe entrou desatenta no gramado do Trapichão e mais uma vez falhou na defesa para a equipe do Operário marcar logo aos 5 minutos da segunda etapa.

Paulo Sérgio, que jogou a última temporada pelo Azulão bateu bem, deslocou Lucas Frigeri e deixou tudo igual no Rei Pelé. Depois do gol do empate, o CSA ficou um tanto desorientado em campo e não conseguiu mais se encontrar, dando outras duas oportunidades para a equipe adversária ampliar o marcador.

O Operário marcou aos 29 minutos, e aos 43, ambos os gols assinalados por Rodrigo Pimpão, que também atuou pelo CSA na última temporada e foi um dos responsáveis pelo placar de 4 a 2 no Rei Pelé.

Próximo confronto

Na róxima rodada o CSA viaja para encarar o Vasco, no São Januário, no Rio de Janeiro, na sexta-feira, 29, às 21h30. Já o Operário enfrenta o Avaí, um pouco antes, às 19h, no estádio Germano Kruger.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade