Alagoas, 19 de setembro de 2021 23º min 28º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
COPA DO BRASIL

CRB sofre virada e é derrotado pelo Fortaleza no jogo de ida das oitavas de final

Nicolas Careca abriu o placar para os alagoanos, mas Wellington Paulista marcou duas vezes, de pênalti e virou a partida

Arthur Fontes - Estagiário sob supervisão

29/07/2021 18h06

CRB leva virada e precisa de uma vitória para avançar na Copa do Brasil
AssessoriaCRB leva virada e precisa de uma vitória para avançar na Copa do Brasil

De virada, o CRB foi derrotado pelo Fortaleza por 2 a 1  na tarde desta quinta-feira, 28, na Arena Castelão, no duelo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. O gol do Galo da Praia foi marcado por Nicolas Careca na primeira etapa. Já os gols do Tricolor cearense foram marcados pelo camisa 9 Wellington Paulista, ambos de pênalti.

Lembrando que não há mais o gol fora na Copa do Brasil, em caso de empate no agregado, as equipes vão decidir a partida nos pênaltis. Em relação a prêmios, a vaga nas quartas de final rende premiação de R$ 3,45 milhões.

Primeiro Tempo

A primeira etapa foi truncada sem muitas chances de gols para ambos os lados. A primeira chance clara de gol saiu dos pés dos visitantes, logo aos 2', Diego Torres deu a primeira finalização do Regatas. Recebeu na entrada da área, porém a bola subiu demais.

O Fortaleza dominou o primeiro tempo no Castelão na posse de bola e nas finalizações, mas quem saiu na frente foi o CRB, com Nicolas Careca. Aos 40’ minutos, o atacante regatiano recebeu lançamento e mandou para os fundos da rede. Esse foi o terceiro gol de Nicolas Careca pelo CRB.

Segundo Tempo

Na volta para a segunda etapa, o Leão do Pici foi em busca de reverter o prejuízo e se lançou ao ataque. Logo no primeiro minuto Romarinho dominou na área e mandou bomba no canto da meta. Diogo Silva se esticou fazendo a defesa.

Aos 7' foi a vez do CRB reagir e teve a chance de abrir 2 a 0 no marcador. Nicolas Careca puxou contra-ataque para o Galo e avançou sozinho em velocidade. Na entrada da área, o camisa 9 preferiu tocar para Diego Torres, que mandou muito acima da meta.

O Tricolor continuou pressionando e atacando com mais eficiência, tanto é que aos 26', Wellington Paulista recebeu na área e Gum fez falta no centroavante. O juiz não pensou duas vezes e assinalou o pênalti. Na cobrança, ele bateu forte e no alto sem chances para o goleiro Diogo Silva.

E não demorou muito para sair o gol da virada, mais uma vez de pênalti Paulista mandou rasteiro no canto esquerdo do gol e virou o jogo na Arena Castelão. O embate terminou assim, 2 a 1 Fortaleza.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade