Alagoas, 08 de maio de 2021 24º min 28º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
MANTO NOVO

Terceiro uniforme do CRB será lançado nesta terça-feira

Uniformes são no modelo tom sobre tom e escudo prateado

Igor Albuquerque - Estagiário sob supervisão, com assessoria

19/04/2021 20h08 - Atualizado em 19/04/2021 23h11

Novo Uniforme do CRB
Ascom CRBNovo Uniforme do CRB


 O CRB lança na manhã desta terça-feira (19), seu novo uniforme. Em duas cores, vinho e preto, os novos uniformes são compostos pelo modelo tom sobre tom e escudo prateado. A novidade será apresentada no canal do clube CRB Play, no Youtube e também nas redes sociais oficiais, com um vídeo do atleta Wesley Beltrame vestindo o novo uniforme. 

Fotos Do Uniforme No Final Da Matéria.

O uniforme três é composto pelo modelo de linha cor vinho, tom sobre tom e escudo do clube em prateado. Já o uniforme de goleiro, veio em cor preta, tom sobre tom, e escudo também prateado. A criação dos uniformes foi baseada em um design moderno e com bastante uso de tecnologia no uniforme, com o escudo emborrachado, seguindo a tendência dos grandes clubes.


De acordo com André Carneiro, vice-presidente de marketing do CRB, explica de onde surgiu a inspiração para criação do novo uniforme do galo. “Foi inspirado no início do nosso hino, as listras são para simbologia as glória que os clube já conquistou. Produzida com materiais de alta qualidade e que traz essa homenagem a história do clube “com glórias traçadas”, como diz o trecho do nosso hino”, disse o vice-presidente de marketing.

Ele destaca que o uniforme é mais uma novidade que o clube junto à nova gestão quer trazer para o torcedor. “Nós esperamos que o torcedor goste das novas camisas, que comprem produtos oficiais, que procurem as lojas e que adquiram também outros produtos licenciados”, disse André.

A partir desta terça-feira (20), os uniformes já estão disponíveis para compra nas lojas oficiais do clube. Loja Regatas, na Avenida Amélia Rosa e quiosque Loja Regatas, no Maceió Shopping.

Este 3° uniforme seria lançado em janeiro deste ano, porém, o pedido acabou atrasando por causa da dificuldade que a indústria têxtil está passando pelo lockdown em São Paulo, que atinge os principais fornecedores da indústria por falta de matéria-prima.



Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade