Alagoas, 11 de maio de 2021 24º min 26º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
CRISE FINANCEIRA

Responsável por revelar Marinho, Penedense faz rifa para manter categorias de base

Equipe não consegue provar na Justiça que revelou o atacante do Santos e finalista da Copa Libertadores

Bruno Fernandes

15/04/2021 14h02

Marinho durante partida contra o Delfín, na Libertadores
Ivan Storti/Santos FCMarinho durante partida contra o Delfín, na Libertadores

O Penedense, time responsável por revelar o atacante Marinho, hoje no Santos vive uma situação financeira delicada, a ponto de realizar uma rifa no próximo sábado, 17, para manter as suas categorias de base.

O prêmio, segundo anuncio feito pelo clube através das redes sociais é de uma moto Jet Shineray 50cc e as cartelas estão sendo vendidas por R$ 10.

Toda a renda da rifa será destinada para ajudar nos custos, tanto de investimento na base, quanto na parte estrutural do clube, melhoramento no gramado e na estrutura da sede.

Essa não é a primeira vez que o clube, atualmente na Segunda Divisão do Campeonato Alagoano passar por uma crise financeira. Em 2019, o humorista Carlinhos Maia, participou do financiamento de uma reforma no estádio Alfredo Leahy, localizado na cidade de Penedo.

Maia é nascido na própria cidade e tem amigos envolvidos com o Sport Club Penedense. Até abril daquele ano, o estádio do clube não tinha torres de iluminação, o que impossibilitava de sediar algumas partidas do estadual.

A situação financeira do clube poderia ser diferente, se conseguissem provar na Justiça que o atacante Marinho foi revelado nas categorias de base da equipe e atuou por lá entre janeiro de 2003 e junho de 2006, dos 12 aos 16 anos.

O documento emitido pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) sobre a carreira do jogador só traz informações a partir de 2006. O medo do Penedense é que o atacante, finalista da Copa Libertadores, seja negociado no mercado da bola.

Se vencido para outra equipes, o clube não teria direito de receber 1% do equivalente ao mecanismo de solidariedade da Fifa, criado para recompensar financeiramente todos os clubes que participaram da formação de um atleta, dos 12 aos 23 anos.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade