Alagoas, 22 de setembro de 2020 24º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
31° TÍTULO

CRB vence CSA por 1 a 0 e levanta a taça do Campeonato Alagoano

Arthur Fontes - Estagiário sob supervisão

05/08/2020 23h11 - Atualizado em 06/08/2020 02h02

CRB derrota o CSA por 1 a 0 e garante o 31º título do Campeonato Alagoano
Bruno FernandesCRB derrota o CSA por 1 a 0 e garante o 31º título do Campeonato Alagoano

Na finalíssima do Campeonato Alagoano, o CRB venceu o CSA, na noite desta quarta-feira, 5, por 1 a 0, com gol de Igor Cariús, e chegou ao 31º título do Estadual. Agora os clubes alagoanos voltam o foco para a disputa da Série B que já se inicia neste final de semana.

A finalíssima no Rei Pelé começou truncada, de início muitas faltas marcadas para ambos os lados. Enquanto as duas equipes se estudavam quem teve a primeira chance clara de gol foi o CSA, com Michel Douglas. Em cruzamento da esquerda o camisa 9 apareceu no meio da área e tocou de perna direita, a bola passou perto da trave de Victor Souza.

Quem deu adeus a final mais cedo foi Carlos Jatobá, que desabou no gramado pela segunda vez no jogo. O volante regatiano sentiu fortes dores nas costelas e pediu para ser substituído.

Aos 27’, por pouco o Galo não abriu o marcador. O argentino Diego Torres aplicou um voleio e o arqueiro azulino se esticou todo mandando a bola para escanteio.

O Azulão voltou a atacar. Aos 34’, Pimpão em velocidade pelo lado direito do campo chutou cruzado assustando o goleiro Victor Souza. Três minutos depois Rafael Bilu bate no ângulo, Victor Souza voou na bola e não deixou com que os azulinos abrissem o placar.

Aos 40 minutos a vez de atacar foi do Regatas, Léo Gamalho soltou uma bomba na entrada da área, Thiago Rodrigues deu rebote, ainda assim ficou com a bola.

O gol do Galo saiu em jogada de bola parada já nos acréscimos. Diego Torres bateu escanteio em direção ao atacante Léo Gamalho que ajeitou de cabeça para Igor cabecear direto para o gol do CSA. Galo da Praia 1 a 0.

Na volta para a segunda etapa o CSA veio com duas modificações Atrás do placar o Azulão voltou para o segundo tempo mais ligado. Aos 15’ Michel Douglas por pouco não marcou, cruzamento de Igor Fernandes, o atacante finalizou de primeira e a bola passa rente a meta regatiana.

O CRB só foi criar perigo ao CSA aos 35 minutos com Erik. O atacante recebeu bom passe de Felipe Menezes, mas teve seu chute bloqueado por Allan Costa.

Nos acréscimos foi pura emoção para os torcedores alagoanos, em jogada de contra ataque Felipe Menezes mandou bola na trave. Pelo lado azulino, Alecsandro cabeceou firme e Victor Souza operou um milagre. O jogo se manteve da mesma maneira. Galo campeão alagoano.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade