Alagoas, 12 de julho de 2020 23º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
POLÊMICA

Decisão judicial: Neymar terá que pagar 40 milhões de reais ao Barcelona

Terra

19/06/2020 16h04 - Atualizado em 19/06/2020 16h04

Barcelona x Neymar: brasileiro terá que pagar 6,7 milhões de euros ao clube
DivulgaçãoBarcelona x Neymar: brasileiro terá que pagar 6,7 milhões de euros ao clube

O processo entre Neymar e Barcelona teve um capítulo favorável ao clube catalão, mas o jogador do PSG ainda pode recorrer da decisão

Quase diariamente os torcedores do Barcelona se deparam com alguma notícia sobre a contratação de Neymar. A novidade desta sexta-feira é boa para os catalães, mas não envolve a chegada do brasileiro. O processo entre Neymar e Barcelona, referente ao bônus pela renovação do jogador em 2016, terminou com vitória do clube na Justiça. 

Com isso, o craque do PSG terá que pagar 6,7 milhões de euros (cerca de R$ 40 milhões) a seu ex-time. Ele ainda pode recorrer da decisão.

Após a decisão, tomada nesta sexta-feira, 19, pelo 15º Tribunal Social de Barcelona, o clube emitiu um comunicado oficial comemorando o veredito.

"O FC Barcelona expressa sua satisfação com a sentença proferida hoje, pelo 15º Tribunal Social de Barcelona, ​​em relação às reivindicações feitas entre o FC Barcelona e o jogador Neymar Jr, no processo referente ao valor de compensação do bônus acordado na última renovação contratual”, diz o comunicado.

"A sentença nega inteiramente o pedido do jogador, que exigiu o pagamento de 43,6 milhões de euros, e estima grande parte do pedido registrado pelo FC Barcelona, ​​segundo o qual o jogador tem que devolver 6,7 milhões de euros ao clube".

O processo

Neymar deixou o Barcelona em agosto de 2017 para se juntar ao PSG na transferência mais cara da história do futebol, por 222 milhões de euros. Porém, desde que saiu da Catalunha, o brasileiro deixou algumas pendências jurídicas na Espanha. Uma delas era esse litígio com sua antiga equipe.

Depois de sua transferência, o Barcelona se recusou a pagar 26 milhões de euros ao brasileiro, valor referente a uma parte do bônus pela renovação contratual entre as partes.

Após o imbróglio, o jogador entrou na Justiça exigindo o pagamento de 43,6 milhões de euros. O Barça também entrou com uma ação contra ele por quebra de contrato, exigindo o reembolso do bônus que já havia sido entregue no valor de 8,5 milhões de euros em "danos".

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade