Alagoas, 13 de dezembro de 2019 24º min 29º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
VOLANTE DO CSA

'Enquanto tiver 1% de chance eu tenho fé', diz Jean Kleber sobre permanência

Bruno Fernandes

12/11/2019 18h06 - Atualizado em 12/11/2019 18h06

O volante do Azulão, Jean Cleber durante coletiva
Bruno FernandesO volante do Azulão, Jean Cleber durante coletiva

O CSA terá uma difícil missão neste domingo, 17, fora de casa, em partida válida pela 34ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. A equipe alagoana vai encarar o Fortaleza em busca de pontos na capital cearense. Para o volante do Azulão, Jean Cleber, o duelo tem que ser pensado além de um clássico nordestino.

"Temos que pensar independente de ser um clássico do Nordeste. Cada hora fica mais difícil, mas é uma coisa que levo para minha vida, enquanto tiver um 1% de chance eu tenho fé", declarou o atleta durante coletiva realizada no CT do Mutange.

Desde 2017, quando o CSA foi campeão brasileiro da Série C, as partidas contra o Fortaleza ganharam notoriedade no Nordeste, passando a ser considerado um clássico da região. Além da C, as equipes se enfrentaram na B e agora na A.

Em 2018, o clube azulino foi uma pedra no sapato do clube cearense quando atrapalhou a conquista do título de forma antecipada da equipe na Série B, na Arena Castelão. À época, o CSA empatou com o Fortaleza em 1 a 1.

Sobre as falhas nas finalizações diante do Vasco no domingo, 10, quando o CSA perdeu de 3 a 0 para o clube carioca, o atacante declarou que é um ponto que está sendo treinado no elenco para que os erros não voltem a ser repetidos.

"Fizemos bastante gols nos jogos em casa, mas infelizmente não conseguimos fazer contra o Vasco. Nessas horas, além do físico, conta o emocional e estamos trabalhando isso ao longo da semana", declarou.

Jean falou também que a derrota para um time considerado em uma situação delicada na competição, não era algo esperado pelo próprio elenco.

"Não foi um jogo que todo mundo esperava. Não estou aqui para falar de falha de a ou b. Todo mundo falhou". E alertou "A hora está ficando cada vez mais apertada e precisamos pensar 100% contra o Fortaleza".

Volta de Cajuru

O goleiro Alexandre Cajuru voltou a treinar, assim como Jordi. Cajuru rompeu o ligamento do joelho esquerdo em março e passou por cirurgia. Ele se machucou durante um treinamento no CT Gustavo Paiva.

Cajuru teve a mesma lesão em junho do ano passado, durante o Campeonato Brasileiro da Série B. O goleiro está no Azulão desde 2017 e foi campeão brasileiro da Série C e do Campeonato Alagoano. 

No domingo, 10, o CSA foi derrotado pelo Vasco por 3 a 0, no Estádio Rei Pelé. O jogo foi válido pela 32ª rodada da Série A. Com o resultado, o CSA manteve os 29 pontos e continua na 18ª colocação.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade