Alagoas, 18 de outubro de 2019 23º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
VITÓRia

Brasil vence o Peru e é campeão da Copa América

Everton, Gabriel Jesus e Richarlison fizeram os gols da vitória por 3 a 1

Com El País

07/07/2019 19h07

Brasileiros comemoram o gol de Gabriel Jesus no Maracanã.
LEO CORREA APBrasileiros comemoram o gol de Gabriel Jesus no Maracanã.

O Brasil venceu o Peru neste domingo por 3 a 1, no Maracanã, e se tornou o campeão da Copa América 2019. Everton Cebolinha abriu o placar, que foi empatado com um gol de Guerrero. 

Gabriel Jesus, que foi expulso no segundo tempo, fez 2 a 1 ainda antes do intervalo e, no segundo tempo, Richarlison definiu a vitória batendo um pênalti sofrido por Everton. 

A seleção brasileira, que mantém a invencibilidade de nunca ter perdido uma Copa América em que foi o país sede, chegou ao seu nono título sul-americano.

Logo aos 15 minutos do primeiro tempo, a seleção brasileira pareceu que manteria a final sem chance para zebra: Gabriel Jesus fez boa jogada pela direita e cruzou no segundo pau, onde Everton apareceu livre para abrir o placar com um chute de primeira. 

Os brasileiros só foram ameaçados aos 40, quando Cueva invadiu a área pela direita e viu seu cruzamento rasteiro ser desviado pelo braço de Thiago Silva. 

O árbitro marcou pênalti, revisou a jogada no VAR e confirmou a penalidade, convertida por Guerrero. 

O Peru estava contente em ir para o intervalo com um empate mas, nos acréscimos, Roberto Firmino roubou a bola no campo de ataque e tocou para Arthur, que contou com um escorregão de Zambrano para deixar Jesus na cara do gol. O camisa 9 bateu cruzado, fazendo 2 a 1 para os donos da casa.

O Brasil começou o segundo tempo criando chances com Firmino, mas viu a final se complicar quando, aos 25 minutos, Gabriel Jesus foi expulso ao tomar o segundo cartão amarelo após disputa pelo alto com Zambrano. 

O Peru ensaiou uma pressão e chegou a assustar Alisson em chegadas perigosas de Trauco e Flores. Aos 44 minutos, Everton tabelou com Arthur e, na disputa com o goleiro Gallese, foi empurrado dentro da área por Zambrano. 

O árbitro apitou o pênalti, reviu o lance no VAR e, novamente, manteve a marcação. Richarlison, que superou uma caxumba no meio do torneio, bateu no cantinho e saiu para comemorar o 3 a 1, que decretou o primeiro título do treinador Tite no comando da seleção brasileira.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade