Alagoas, 21 de abril de 2019 24º min 29º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
ESPANHA

Mourinho pagará R$ 15,8 milhões para evitar prisão por fraude fiscal

FolhaPress

04/09/2018 10h10

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

José Mourinho entrou em acordo com a Fazenda espanhola para encerrar um processo por fraude fiscal, de acordo com o jornal El Mundo. O treinador português admitiu a sonegação de 3,3 milhões de euros (R$ 15,8 milhões) e uma pena de um ano de prisão. O tempo no cárcere, contudo, será substituído pelo pagamento de multa de 669,3 mil euros (3,21 milhões de reais). 

A decisão da Justiça foi por seis meses de prisão por cada uma das duas fraudes fiscais, além de um pagamento de 60% de cada valor fraudado. Por 2011, teria que pagar 966 mil euros (R$ 4,6 milhões) e 1 milhão de euros (R$ 4,8 milhões) por 2012. O técnico português ainda teria que pagar 250 euros (R$ 1,2 mil) por cada dia de prisão.

O valor chega em 669,3 mil euros por causa de uma quantia antiga já paga por Mourinho. Em 2014, o técnico português desembolsou 4,4 milhões de euros (R$ 21,1 milhões) para encerrar o processo. Com ele sendo reaberto anos depois, a Fazenda aceitou que o valor pago seja descontado da quantia total.

Mourinho trabalhou na Espanha entre 2010 e 2013, quando treinou o Real Madrid. O português foi dispensado e, na sequência, assumiu o Chelsea.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir 13.5k
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade