Alagoas, 16 de abril de 2021 24º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
CINEMA

'Meu pai' comove com drama familiar em fuga dos clichês com Hopkins impecável

G1

08/04/2021 14h02

Filme indicado a seis prêmios no Oscar é estreia do diretor de teatro Florian Zeller no cinema
DivulgaçãoFilme indicado a seis prêmios no Oscar é estreia do diretor de teatro Florian Zeller no cinema

Numa das cenas de "Meu Pai", filme que estreia nas plataformas digitais nesta quinta-feira (8), Anne, vivida por Olivia Colman (vencedora do Oscar de Melhor Atriz por "A Favorita"), passa pela escultura de um rosto incompleto, cravado no chão.

A imagem serve como alegoria da situação mostrada no longa, em que a personagem de Colman vive uma relação complicada com o pai, Anthony (Anthony Hopkins, de "Dois Papas"). O engenheiro aposentado insiste em viver em seu apartamento em Londres, mas não tem condições de se cuidar sozinho.

Para piorar, Anthony se recusa a ter qualquer pessoa cuidando dele e começa a lidar com situações inusitadas como notar a presença de estranhos em sua casa, que dizem ser os donos do apartamento. Ele também convive com declarações e atos de Anne que se contradizem. Haveria um plano para tirá-lo de seu lar?

O problema é que Anthony apresenta sinais de demência causados pelo Mal de Alzheimer. À medida que a doença parece avançar, Anne precisa entender o comportamento imprevisível dele e se vê levada a tomar decisões difíceis, porém importantes, para a vida de ambos.

Labirinto da mente

O que torna "Meu pai" uma experiência impactante para o espectador é a maneira que o diretor francês Florian Zeller, com uma longa carreira no teatro e estreando no cinema, resolve contar a história.

Inspirado na peça que ele escreveu (e foi encenada no Brasil) Zeller faz com que o público acompanhe o drama de Anthony compartilhando suas dúvidas e incertezas sobre os acontecimentos.

Não se sabe o que é verdade e o que não é, como se a mente do protagonista fosse um labirinto, onde não é tão simples encontrar uma saída. O roteiro para o cinema tem a assinatura de Christopher Hampton (conhecido por "Ligações Perigosas").

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade