Alagoas, 21 de setembro de 2020 23º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
MANIFESTAÇÃO

Produtores de eventos pretendem impedir funcionamento de órgãos públicos

Redação

04/09/2020 14h02 - Atualizado em 04/09/2020 14h02

Última mobilização percorreu orla da capital neste domingo
Reprodução/GloboÚltima mobilização percorreu orla da capital neste domingo

Produtores de eventos alagoanos, impedidos de realizar suas atividades desde o mês de março, devido à pandemia do novo coronavírus, emitiram uma nota nesta quinta-feira, 3, denunciando a omissão e o descaso praticados pelo executivo municipal e estadual.

Na nota encaminhada à imprensa, a categoria convoca os trabalhadores do segmento para uma mobilização que pretende impedir o trabalho desses representantes nas secretarias, fundações, palácios e gabinetes.

A ação deve ocorrer, segundo a comissão, nas próximas semanas e pretende ainda fazer “uma nova e gigante mobilização da classe, indo da Avenida Fernandes Lima até a porta das repartições públicas envolvidas com o turismo de eventos.

Neste final de semana, completam 30 dias do evento que reuniu a categoria no manifesto realizado na orla de Jaraguá, Pajuçara, Ponta Verde e Jatiúca e que contou com a participação de mais de 200 representantes de empresas que trabalhavam no ramo de eventos. A nota oficial na integram pode ser conferida clicando aqui.

Arquivos
NOTA DE REPÚDIO.pdf


Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade