Alagoas, 10 de agosto de 2022 22º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
ELEIÇÕES 2022

Convenção do MDB-AL confirma nesta sexta chapa Dantas-Lessa para governo

Convenção será realizada no Espaço Pierre Chalita

Assessoria

04/08/2022 16h04 - Atualizado em 06/08/2022 10h10

Ronaldo Lessa e Paulo Dantas durante assinatura de carta-compromisso
Reprodução/Instagram/Renan FilhoRonaldo Lessa e Paulo Dantas durante assinatura de carta-compromisso

O MDB de Alagoas realiza nesta sexta-feira, 5, sua Convenção Estadual para homologar a aliança com o PDT na chapa para o governo do Estado, com a confirmação do ex-governador Ronaldo Lessa como vice do atual governador e candidato à reeleição, Paulo Dantas (MDB).

A Convenção será realizada no Espaço Pierre Chalita, em Jaraguá, das 11h às 15h, com a participação de delegações da capital e de todas as regiões do Estado. Serão confirmadas também, na Convenção, a candidatura ao Senado do ex-governador Renan Filho (MDB) e a chapa de candidatos e candidatas do partido a deputado estadual e federal.

Durante o evento será anunciada a aliança de legendas que apoiam as candidaturas majoritárias do MDB e PDT em Alagoas. Além dos dois partidos, já estão confirmados na coligação a Federação Brasil da Esperança (que une o PT, PCdoB e PV), Podemos, PSC, Avante e Solidariedade.

Conforme o acordo entre os dois partidos, o MDB-AL, através de seu presidente, senador Renan Calheiros, já anunciou o apoio à candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à Presidência da República, enquanto Ronaldo Lessa apoiará, no primeiro turno, o candidato do seu partido.

“Prevaleceu a democracia”, disseram Renan e Lessa. Ambos reafirmaram “oposição firme” ao presidente Jair Bolsonaro (PL).

Candidatura de Jullyene Lins

"Nesta sexta-feira, dia 5, quando o MDB realiza a sua Convenção Estadual, homologaremos a candidatura de Jullyene Lins a deputada estadual. Ela é filiada ao partido e, em julho, entregou-me a carta em que solicita a legenda. Publiquei a carta nas redes sociais, a repercussão foi forte e positiva", declarou o senador Renan Calheiros.

"Jullyene Lins vem denunciando que foi vítima de agressões físicas, perseguição e ameaças por ter desafiado o poder econômico e político em Alagoas. Chegou a sofrer alienação parental, perdendo a guarda dos filhos que teve no casamento. Foi punida sem ter culpa, sofreu perdas e derrotas judiciais pesadas, enfrentou todo tipo de dificuldades, mas não desistiu da sua luta, demonstrou a coragem das que sabem que brigam pelo que é certo. Ela serve como exemplo de persistência e resiliência para muitas mulheres", destacou.

Ainda segundo Calheiros, o" MDB-AL vai dar a legenda para Jullyene Lins porque ela, com sua história de vida, é um dos símbolos das mulheres agredidas, perseguidas e ameaçadas com tentativas de serem caladas pela força do poder e do dinheiro. Todo apoio e solidariedade à Jullyene, ao seu sofrimento e à sua luta, agora também na política, que é o lugar de fala das mulheres alagoanas".

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade