Alagoas, 28 de janeiro de 2021 24º min 28º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
ARAPIRACA

Julgamento sobre candidatura pode fazer prefeito eleito perder diplomação

Redação

27/11/2020 14h02

Luciano Barbosa durante a campanha eleitoral
AssessoriaLuciano Barbosa durante a campanha eleitoral

O prefeito eleito de Arapiraca, Luciano Barbosa, pode perder o prazo para diplomação, caso o julgamento do recurso impetrado pela defesa do candidato, que está sub judice, não seja realizado em tempo hábil no TRE de Alagoas.  De acordo com o juiz da 22ª Zona Eleitoral do município, Rômulo Vasconcelos, o processo de Barbosa foi redistribuído para outro relator, que julgará o recurso contra a decisão do indeferimento da convenção do MDB municipal.

A diplomação dos candidatos ocorrerá no dia 17 de dezembro, às 19 horas, no fórum de Arapiraca. "A diplomação necessita da chancela do estado para poder ter validade porque, após esse ato, enseja o início de prazos para novos recursos. Nós precisamos de uma resposta para o povo de Arapiraca porque nunca tivemos uma situação dessa”, enfatizou o juiz em entrevista à Rádio 91,5 FM.

Segundo Rômulo Vasconcelos, a juíza eleitoral de Arapiraca Ana Raquel Gama proferiu decisão indeferindo a candidatura de Luciano Barbosa com fundamento único no DRAP de n. 070007473.2020.6.02.0055. "Esse é o recurso que precisamos de uma resolução para definir a diplomação. Até a próxima quinta (03/12) eu imagino que esse recurso seja decidido. Ainda há a opção de um recurso junto ao TSE, em Brasília. Eu creio que a orientação será diplomar aqueles que estão com a condição definida. Precisamos dessa resposta”, comentou o juiz

Barbosa foi eleito com 59.249 votos no último dia 15, o correspondente a 54,56% dos votos válidos em Arapiraca.



Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade