Alagoas, 28 de janeiro de 2021 24º min 28º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
LEI SECA

Venda de bebidas alcoólicas será proibida a partir das 0h do domingo

Agência Alagoas

27/11/2020 10h10

Medida visa garantir que segundo turno das eleições transcorra de forma tranquila
AssessoriaMedida visa garantir que segundo turno das eleições transcorra de forma tranquila

Assim no primeiro turno das eleições municipais em Alagoas, a Secretaria de Estado da Segurança Pública de Alagoas (SSP) proibirá a comercialização e venda de bebidas alcoólicas em Maceió, durante o próximo domingo, 29, quando haverá a eleição para escolha do próximo prefeito da cidade. A medida foi publicada na edição desta sexta-feira, 27, do Diário Oficial do Estado (DOE).

A portaria tem como objetivo adotar medidas preventivas que proporcionem aos eleitores e à sociedade de uma forma geral tranquilidade e segurança no dia em que se realizará o segundo turno das eleições.

Desta forma, ficam proibidos de comercializar bebidas alcoólicas hotéis, bares, restaurantes e similares, bem como os vendedores ambulantes, de toda Maceió, entre as 00h (meia-noite) se estendendo até as 18 horas do domingo, 29.

“(...) a desobediência implicará em infração penal prevista na legislação pátria vigente”, diz um trecho da portaria.

As Polícias Civil e Militar, Polícia Federal, Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social e o Sindicato de Hotéis, Restaurantes e Bares de Alagoas serão oficiados para que cumpram a determinação e adotem as medidas necessárias.

Para o secretário Executivo de Políticas da Segurança Pública, Manoel Acácio Júnior, todas as medidas adotadas pela SSP durante as eleições visam garantir que a democracia seja exercida com segurança pela população no próximo domingo.

“Historicamente, as eleições na capital são mais tranquilas, mas montamos um planejamento operacional para garantir segurança em todas as partes da cidade. Vale lembrar que este efetivo é um reforço além do que já é empregado ordinariamente”, disse.

Reforço no policiamento


As forças de segurança montaram um plano integrado para garantir a segurança dos locais de votação e também realizar o serviço de guarda-urnas. Ao todo, 1065 policiais militares, civis, bombeiros militares e peritos oficiais serão empregados em toda a cidade entre o sábado e domingo.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade