Alagoas, 15 de agosto de 2022 23º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
COVID-19

Sesau alerta para aumento do número de casos e de ocupação de leitos

Adja Alvorável / Estagiária sob supervisão

30/06/2022 20h08 - Atualizado em 30/06/2022 21h09

Reunião discutiu ampliação de leitos e uso de mascaras em ambientes fechados
Olival Santos / Ascom SesauReunião discutiu ampliação de leitos e uso de mascaras em ambientes fechados

Uma reunião do Grupo Técnico da Sala de Situação da Covid-19 ocorrida nesta quinta-feira, 30, discutiu uma nova ampliação de leitos para a covid-19 no Estado, o uso de máscaras em ambientes fechados, a cobertura vacinal da população e a necessidade de testagem para a doença antes de procedimentos eletivos nos hospitais.

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), o aumento no número de casos, internações e mortes por covid-19 é motivo de preocupação. A secretaria alerta para a população continuar com os cuidados necessários para diminuir a contaminação devido à alta transmissibilidade do coronavírus. 

Aumento de testes positivos

Da Semana Epidemiológica 24/2022 para a 25/2022 houve um aumento de 96% dos casos de covid-19 no estado, segundo os dados do aumento da quantidade de testes positivos pelo Laboratório Central de Alagoas (Lacen/AL). 

Já o número de óbitos subiu de dois para sete de uma semana epidemiológica para a outra, o que representa um crescimento de 250%. Esses dados são dos casos notificados e representam apenas uma amostragem.

“Temos um número expressivo de casos nessa última semana, um crescimento com relação aos exames do Lacen/AL. Uma positividade fora do normal, mais de 60%, indicando que o vírus está circulando de forma absurda. Com relação às internações, fica na faixa de 10 a 15 todos os dias. Vamos buscar ter o controle maior dos exames antígenos também, inclusive, de farmácias. É importante destacar que a máscara deve ser utilizada por aquelas pessoas com imunodeficiência e idosos também em ambiente aberto”, alertou o chefe do Gabinete de Combate à Covid-19, médico infectologista Renée Oliveira.

“Estamos fazendo essas reuniões semanalmente para acompanhar os números da Covid-19 no Estado, porque precisamos estar preparados para a necessidade de abertura de novos leitos clínicos e de UTI [Unidade de Terapia Intensiva] exclusivos para a Covid-19. Muitos leitos que hoje estão ocupados por outras doenças podem ser disponibilizados para o novo coronavírus”, salientou a coordenadora da Central de Regulação de Leitos, médica Lysgreth Sanchez.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade