Alagoas, 25 de janeiro de 2022 24º min 31º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
REFORÇO

Alagoas terá acesso a 229 mil testes rápidos para detecção do coronavírus

Ministério da Saúde confirma envio de 15 milhões para todos os estados

13/01/2022 14h02 - Atualizado em 13/01/2022 14h02

Ministério confirma remessa de testes rápidos a partir desta sexta-feira
Agência BrasilMinistério confirma remessa de testes rápidos a partir desta sexta-feira

Alagoas vai receber 229.568 testes rápidos de antígenos para detecção do coronavírus. A remessa, segundo o Ministério da Saúde, ocorrerá a partir desta sexta-feira, 14, para todos os Estados. Serão distribuídos mais de 15 milhões de testes a mais de 2 mil municípios.  

O anúncio da entrega de remessas acontece depois de cerca de 2.100 municípios apresentarem, no dia 5 de janeiro, um ofício ao Ministério solicitando apoio para que as cidades tivessem melhores estruturas para testagens no atendimento ambulatorial.

Os testes serão utilizados em indivíduos sintomáticos suspeitos de covid-19; para indivíduos participantes de surtos de covid-19, sintomáticos ou não, e para contatos de casos suspeitos ou confirmados de covid-19; para qualquer indivíduo, com sintomas ou não, independente do estado vacinal ou idade, principalmente para aqueles com maior risco de contaminação. 

Segundo o Ministério, a quantidade de testes disponibilizadas aos Estados e ao Distrito Federal “se baseiam em critério populacional”.

Os testes rápidos são o maior critério para diagnóstico laboratorial da covid-19 em Alagoas, segundo aponta o boletim epidemiológico da Saúde no estado. Até ontem, 12, foram realizados no estado 145.828 testes rápidos que confirmaram a infecção pelo vírus e 80.615 RT-PCR. Outros 3.459 diagnósticos positivos foram foram realizados através de exame sorológico desde o começo da pandemia.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade