Alagoas, 25 de janeiro de 2022 24º min 31º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
PANDEMIA

Prefeitura decide manter festas de réveillon em Maceió

José Fernando Martins

30/11/2021 12h12

Queima de fogos na virada do ano em Maceió
AssessoriaQueima de fogos na virada do ano em Maceió

A Prefeitura de Maceió decidiu manter as festividades de Réveillon mesmo com o surgimento da ômicron, nova variante do coronavírus.  

A decisão foi divulgada por meio de nota à imprensa, na manhã desta terça-feira, 30. Segundo o Executivo, a capital registrou maior eficácia na vacinação contra a covid-19, o que a tornaria segura. 

"A logística e estrutura montada pela Prefeitura de Maceió, somada à adesão da população e esforços dos profissionais, tem resultado em mais de 80% da população imunizada", destacou.

No entanto, a prefeitura ressaltou que a realização de festas dependerá da situação sanitária do país. 

"O Município segue ouvindo as instâncias sanitárias e, em caso de orientação contrária, voltará a debater a questão", finalizou.

Confira na íntegra

Maceió segue como uma das capitais do Brasil com maior eficácia na vacinação contra a covid-19. A logística e estrutura montada pela Prefeitura de Maceió, somada à adesão da população e esforços dos profissionais, tem resultado em mais de 80% da população imunizada.

A redução de casos, internações e mortes refletem a importância da imunização e já possibilitam que os maceioenses comecem a retomar a rotina, seguindo as medidas necessárias.

Diante deste cenário, que nos permite uma retomada gradual da economia e de todas as atividades com segurança, decidimos manter, inicialmente, as festividades de Réveillon em Maceió, com todos os cuidados que esse tipo de evento ainda requer.

Desde o início da gestão, a campanha de vacinação foi tratada como prioridade. Com isso, diversas ações foram realizadas para que Maceió pudesse retomar às atividades econômicas que garantem renda a milhares de famílias.

A Prefeitura ressalta, no entanto, que a realização das festas dependerá da situação sanitária do país com relação à Covid-19 e dos decretos dos protocolos sanitários que estarão vigentes no período. O Município segue ouvindo as instâncias sanitárias e, em caso de orientação contrária, voltará a debater a questão.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade