Alagoas, 16 de outubro de 2021 25º min 29º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Mais 4 mortes e 58 novos casos de Covid-19 em Alagoas

Assessoria

23/09/2021 18h06 - Atualizado em 23/09/2021 18h06

Ilustração do novo coronavírus
DivulgaçãoIlustração do novo coronavírus

O Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), desta quinta (23), confirma 58 novos casos de Covid-19 em Alagoas. Dessa forma, o estado tem um total de 237.842 casos confirmados do novo coronavírus até o momento, dos quais 425 estão em isolamento domiciliar. Outros 231.002 pacientes já finalizaram o período de isolamento, não apresentam mais sintomas e, portanto, estão recuperados da doença. Há 4.505 casos em investigação epidemiológica. Foram registradas quatro mortes em território alagoano. Com isso, Alagoas tem 6.185 óbitos por Covid-19.

Os casos confirmados de pessoas com a Covid-19 estão distribuídos nos 102 municípios alagoanos. Em relação ao quadro total de óbitos em Alagoas, estão confirmados 6.185 óbitos por Covid-19, mas, oito deles, eram de pessoas residentes em Pernambuco, São Paulo, Santa Catarina e Bahia, tendo como vítimas seis homens e duas mulheres. Dos 6.177óbitos de pessoas residentes em Alagoas, 3.417 eram do sexo masculino e 2.760 do sexo feminino. Eram 2.695 pessoas que residiam em Maceió e as outras 3.482 moravam no interior do Estado, segundo o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs), da Sesau.

Para ter acesso ao boletim epidemiológico, basta clicar neste link e baixar os dados da Covid-19.

Óbitos – No boletim desta quinta (23), mais quatro mortes foram confirmadas, laboratorialmente, por causa do novo coronavírus, sendo três vítimas da capital alagoana e uma do interior do Estado. As vítimas de Maceió eram dois homens de 61 e 64 anos, além de uma mulher de 69 anos. O homem de 61 anos não tinha comorbidades e morreu em seu domicílio; o homem de 64 anos tinha cefaleia e morreu em seu domicílio; e a mulher de 69 anos tinha diabetes, asma, hipertensão e morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade