Alagoas, 18 de junho de 2021 24º min 26º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
FRANCISCO DE ARAÚJO

Ex-vereador por Cajueiro é convocado para depor na CPI da Pandemia

Ex-parlamentar foi denunciado no ano passado por fraudar licitações na compra de testes de Covid

Bruno Fernandes

09/06/2021 14h02 - Atualizado em 09/06/2021 15h03

Francisco de Araújo, ex-secretário de Saúde do DF
DivulgaçãoFrancisco de Araújo, ex-secretário de Saúde do DF

A CPI da Pandemia aprovou nesta quarta-feira, 9, um requerimento convocando o ex-secretário de Saúde do Distrito Federal e ex-vereador pelo município de Cajueiro, no interior de Alagoas, Francisco de Araújo Filho, preso no ano passado por fraudar licitações de compra de testes fajutos e superfaturados de covid-19 no Distrito Federal.

A convocação de Francisco que causou prejuízo calculado pelo MPF de 46 milhões de reais aos cofres do Distrito Federal partiu de requerimento assinado pelo senador Eduardo Girão (Podemos-CE), feito a pedido do senador Izalci Lucas (PSDB-DF).

Reportagem publicada pela revista VEJA revelou que existe todo um mistério em torno da indicação de Francisco de Araújo, tema que virou um pivô de um embate político nos bastidores da CPI da Pandemia.

Ex-vereador do interior de Alagoas, Francisco assumiu a secretaria de Saúde do DF e nenhum político quer aparecer como o padrinho da nomeação.

Na época da prisão de Francisco, o deputado distrital Chico Vigilante (PT-DF) disse que o então secretário era ligado ao senador Renan Calheiros (MDB-AL), atual relator da CPI da Pandemia. Renan negou que tenha indicado Francisco para qualquer cargo público.

Francisco participou de carreatas em apoio ao governador Renan Filho (MDB-AL), filho de Calheiros. Renan Filho também negou que tenha indicado Francisco.

Para o senador Izalci, Francisco pode ajudar a desvendar a corrupção nacional porque o esquema em Brasília tem ligações com vários atores nacionais. Izalci diz que Francisco mantinha contatos com lobistas ligados à Saúde e com escritórios que fazem intermediação de negócios em Brasília.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade