Alagoas, 30 de setembro de 2020 24º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
BOCA DA MATA

Município com maior taxa de incidência da covid-19 libera comércio e transporte intermunicipal

População transita pelas ruas sem nenhum rigor com medidas

Tamara Albuquerque

02/08/2020 14h02

O prefeito de Boca da Mata, Gustavo Feijó - Divulgação
O prefeito de Boca da Mata, Gustavo Feijó - Divulgação

O município de Boca da Mata, que hoje apresenta a maior taxa de incidência da covid-19 em Alagoas, inclusive maior que a registrada em Maceió, segundo os últimos boletins epidemiológicos do governo estadual, flexibilizou a reabertura do comércio e retomou a circulação dos transportes intermunicipais de passageiros.

Através do decreto nº 940, assinado no dia 29 de julho pelo prefeito Gustavo Dantas Feijó o município volta à rotina de antes da pandemia mesmo com o maior risco de contaminação pelo coronavírus entre os demais municípios alagoanos.

A taxa de incidência é um dos indicadores utilizados pelos órgãos sanitários do poder público para avaliar a evolução da covid-19 no Estado, revelando o número de casos novos da doença dividido por grupo de 100 mil habitantes.

O cálculo por 100 mil pessoas permite que se tenha um comparativo entre municípios com diferentes tamanhos populacionais. Em Boca da Mata, essa taxa equivale a 3764,5, enquanto que Maceió a taxa é de 2233,1, segundo boletim deste 1º de agosto.

Em números totais, o município registra 1.027 casos da Covid-19 com 17 óbitos. Esses números, no entanto, não são divulgados nas redes sociais e nem no portal da prefeitura, que não publicam boletim de casos. Na conta da prefeitura no Facebook o último registro sobre a doença foi postado no dia 17 de julho.

Com a incidência tão alta da doença, a população de Boca da Mata, que já pertenceu ao município de São Miguel dos Campos, transita pelas ruas sem nenhum rigor com medidas preventivas como o uso de máscara no rosto e muito menos praticando o distanciamento social.

Parte dos moradores critica a falta de respeito e indisciplina dos habitantes com as normas que estão sendo adotadas em todos os países para evitar o espalhamento do vírus, que já matou 93,6 mil pessoas no Brasil, sendo 1.581 em Alagoas.

No decreto, o prefeito Gustavo Dantas justifica que a abertura do comércio em geral e o retorno do transporte intermunicipal está embasada no decreto do governador Renan Filho (nº 70.513/2020), que autorizou o município a migrar da fase vermelha para a laranja.

 A prefeitura de Boca da Mata também liberou o funcionamento das instituições religiosas (com 30% de sua capacidade), salões de beleza, barbearias, lojas e comércio em geral com até 400 m² de extensão.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade