Alagoas, 19 de setembro de 2020 22º min 27º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
SUSPEITA DE COVID-19

Morre o ex-presidente do Tribunal de Justiça Jairon Maia Fernandes

José Fernando Martins

19/05/2020 19h07 - Atualizado em 20/05/2020 09h09

Jairon Maia Fernandes ao lado do filho Fernando Baltar (centro) e da esposa Maria das Neves Baltar Maia Fernandes
DivulgaçãoJairon Maia Fernandes ao lado do filho Fernando Baltar (centro) e da esposa Maria das Neves Baltar Maia Fernandes

Morreu, aos 86 anos, nesta terça-feira, 19, o ex-presidente do Tribunal de Justiça (TJ-AL) Jairon Maia Fernandes. 

Ele estava internado e com suspeita de infecção pelo novo Coronavírus no Hospital do Coração, em Maceió. Ainda sofria de problemas cardíacos e de diabetes.

O desembargador aposentado chegou a fazer o teste de Covid-19, mas ainda saiu o resultado. 

Fernandes, que também exerceu o cargo de governador interino de Alagoas, era avô do prefeito de Branquinha, Jairon Maia Fernandes Neto, o Jairinho Maia. 

Por sua atuação no Judiciário alagoano foi homenageado com a designação de seu nome para o Fórum do Barro Duro.

Trajetória

Jairon Maia Fernandes ingressou na magistratura em 1993 e presidiu o Tribunal de Justiça no período de 1997 a 1999, quando instituiu o Programa Justiça Itinerante, que beneficiou mais de um milhão de pessoas. 

Também comandou o Tribunal Regional Eleitoral por dois mandatos. O sepultamento será na manhã desta quarta-feira, 20, no cemitério de Nossa Senhora da Piedade, no Prado, sem velório por recomendação das autoridades sanitárias.

Em nota, a presidência do TJ lamentou o falecimento do desembargador aposentado. “Lamentamos a morte do desembargador Jairon Maia. Contribuiu para a modernização do TJ. Era figura benquista e muito humana”, comentou Tutmés Airan, presidente do Judiciário alagoano.


Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade