Alagoas, 31 de março de 2020 26º min 29º máx
WhatsApp (82) 9.9982-0322
ALERTA

Ampliar quarentena em Wuhan até abril adiaria 2ª onda de Covid-19

EFE

26/03/2020 11h11

Coronavírus
© CHINA DAILY/Reuters/direitos reservados via Agência BrasilCoronavírus

Uma prorrogação até abril, em vez de março, do período de quarentena em Wuhan, cidade chinesa mais afetada pela pandemia do coronavírus causador da Covid-19, poderia adiar o surgimento de uma segunda onda da doença de agosto para outubro.

A conclusão é de um estudo publicado nesta quarta-feira no portal The Lancet Public Health, no qual especialistas dizem que a mudança ajudaria a aliviar ainda mais a pressão sobre o sistema de saúde.

No final de janeiro, Wuhan, onde a pandemia do novo coronavírus (tecnicamente conhecido como SARS-CoV-2) começou, fechou escolas e ordenou que a grande maioria dos estabelecimentos baixasse as portas, o que especialistas acreditam ter reduzido significativamente o número de contágios.

Por outro lado, ampliar as restrições até abril poderia atrasar o aparecimento de um segundo pico até outubro, permitindo que os serviços de saúde se preparem por mais tempo.

Especialistas advertiram, no entanto, que é difícil prever o verdadeiro impacto do relaxamento das medidas de distanciamento social devido à falta de precisão nas estimativas do número de reproduções (quantas pessoas um indivíduo é suscetível de infectar com o vírus) e quanto tempo um indivíduo fica infectado, em média.Kiesha Prem, pesquisadora da Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres e autora da pesquisa, disse que as medidas "inéditas" em Wuhan "ajudaram a controlar o surto", mas disse que as autoridades locais devem ser cautelosas para restabelecer as atividades.

"A cidade deve agora ter muito cuidado para evitar revogar prematuramente medidas de distanciamento físico, pois isso poderia precipitar um pico secundário nos casos. Em vez disso, se as restrições forem gradualmente suspensas, é provável que isso seja adiado e que o pico seja achatado", disse.

Comentários
Curta o EXTRA no Facebook
Confira o nosso canal no YouTube
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram Seguir </html>
Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.

A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.

Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.

publicidade